Enem

A um mês do Enem 2012, estudante deve focar em simulados e redação

Suellen Smosinski

Do UOL, em São Paulo

A um mês do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012, não é mais hora de tentar aprender conteúdos novos. Os candidatos devem aproveitar os dias que faltam para o exame para fazer simulados e provas de anos anteriores, treinar a redação e revisar disciplinas em que ainda tenham dúvidas. Segundo professores ouvidos pelo UOL, descansar nos finais de semana também é importante nessa fase.

As provas do Enem 2012 serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro por mais de 5,7 milhões de estudantes

“O mais importante é que não adianta falar que vai revisar todo o conteúdo para o Enem, porque é toda a vida escolar do aluno, é um programa muito grande. Se ainda houver algum simulado, semelhante ao exame, faça para treinar. Treino é muito importante. Pegue a prova do ano passado ou retrasado e refaça”, orientou Vera Lúcia da Costa Antunes, coordenadora do Curso e Colégio Objetivo.

Alimentação

  • Rafael Wainberg/Shutterstock/SXC/Flavio Florido

    Segundo Vera Lúcia, os vestibulandos devem ter muito cuidado com a alimentação: "Tem que se preocupar com a alimentação porque é um desgaste grande [a rotina de provas]. Uma pessoa bem nutrida não se cansa com facilidade e tem uma resistência maior"

Respiração e relaxamento

Segundo a professora, ao fazer as provas o aluno deve simular o ambiente do dia do exame: marcar o tempo, não levantar, não comer. “O Enem é uma prova cansativa, por isso tem que treinar para não ter  cansaço e conseguir ficar quatro horas concentrado”, afirmou. Ela compara o candidato a um atleta: “O vestibulando é um esportista, igual o nadador, o corredor, ele tem que treinar”. 

Para Paulo Motta, professor do departamento de psicologia evolutiva, social e escolar da Unesp (Universidade Estadual Paulista), revisar o conteúdo é sempre bom. “O candidato só não pode começar revisando matérias que não sabe nada. Não dá para querer aprender agora, se fizer isso só vai arrumar confusão para a cabeça. Não dá mais tempo”, disse.

De acordo com Motta, o candidato também não pode achar que está tudo bem e que já sabe tudo, pois tem sempre alguma coisa que ele não sabe tão bem ou alguma dica que pode ser útil no dia da prova. Por isso, a revisão é importante, se for feita para tirar dúvidas.

Essa é outra dica dos professores: não deixar passar nenhuma dúvida. “Se ficar com dúvida, pergunte. Não pode falar que uma dúvida não tem importância, porque pode ser a matéria que cai na prova”, afirmou Vera Lúcia.

Vera Lúcia também lembra que os candidatos devem treinar a redação. “Não custa pegar temas anteriores e fazer. Temas propostos por professores também valem a pena. Eu faria pelo menos duas redações por semana. Quanto mais o aluno fizer, melhor ele se sairá”.

Finais de semana devem ser de descanso

“Chega no final de semana o candidato tem que sair, tem que ir para a balada sim. Não dá pra ficar na neura e esquecer de sair, de passear, tem gente que esquece até de comer. Não pode encanar desse jeito”, afirmou Motta.

Segundo o professor, o estudante deve lembrar que já fez tudo que era possível a essa altura do campeonato e evitar as cobranças excessivas. “Também é bom evitar os amigos neuras, que só sabem falar do exame e o que vai cair”, observou o professor.

Vera Lúcia concorda que os finais de semana de agora para frente devem ser dedicados ao descanso. “Claro que tem que ser organizado. Não deu tempo de fazer a redação na semana, faz no sábado ou no domingo. Mas vá ao teatro, ao cinema, ao parque, fique na internet. É preciso fazer alguma coisa que relaxe, algo de que se goste”, disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos