PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Tema de redação do Enem 2015 gera polêmica nas redes sociais

Do UOL, em São Paulo

25/10/2015 15h33Atualizada em 25/10/2015 16h47

"A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira" foi o tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015. Divulgada pelo MEC (Ministério da Educação) poucos minutos após o fechamento dos portões, a escolha gerou polêmica nas redes sociais. 

Entre piadas e críticas, diversos internautas se mostraram contrários ao tema deste ano e ainda criticaram os organizadores da prova por causa do viés feminista. Por outro lado, muitos aprovaram a atualidade do tema.

A hashtag #enemfeminista foi criada e começou a ser usada tanto pelos que defendem quanto pelos que não concordam.

Para a professora Cida Custódio, do Curso e Colégio Objetivo, a escolha é muito boa uma vez que é um assunto importante, sobre o qual os candidatos precisam saber se posicionar e com o qual eles estão familiarizados. "É da maior pertinência, uma vez que ainda vivemos em uma sociedade patriarcal e machista", diz a professora.

Hoje, os candidatos devem responder questões sobre linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias e uma redação. O exame tem duração de 5h30.

O UOL terá o gabarito extraoficial a partir das 19h. A correção comentada da prova por professores do Curso Objetivo começa às 19h30.

Vestibular