Enem

Aluno de SP diz que "faz hipnose" nos colegas para motivá-los para o Enem

Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em São Paulo

  • Ana Carla Bermúdez/UOL

    Giovani Ciritelle divide o tempo entre os estudos para o Enem, mágica e hipnose

    Giovani Ciritelle divide o tempo entre os estudos para o Enem, mágica e hipnose

Fazer exercícios físicos e até meditar são dicas comuns para quem busca manter a calma na reta final do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que acontece nos dias 5 e 6 de novembro. Mas o aluno Giovani Ciritelle, 19, diz fazer uso de táticas diferentes: a "hipnose" e o bom humor.

"A galera gosta muito, já fiz em bastante gente. É muito relaxante. Em vários amigos fiz para eles ficarem focados. Depois da hipnose, deixo a sugestão de foco para eles conseguirem estudar bastante e dormirem bem", explica Ciritelle.

O colega Fabio Barbosa, 18, era cético em relação às habilidades de Ciritelle no início, mas depois de algumas sessões passou a acreditar na eficiência do "trabalho" do amigo-- principalmente nos momentos de muito estresse. "Peço bastante para ele me hipnotizar, principalmente quando estou muito cansado. No momento do transe eu relaxo bastante, depois consigo ficar mais concentrado e estudar melhor", afirma.

Ana Carla Bermúdez/UOL
Ciritelle também faz mágica com cartas

"Se a mágica não der certo..."

Quando não está estudando para o Enem e o vestibular, Giovani se dedica a aprender mais sobre hipnose e mágica, que ele também pratica.

"Eu comecei a mexer com as duas coisas quase ao mesmo tempo. Comecei fazendo mágica por causa de uma brincadeira, mas depois de pesquisar na internet e ver alguns vídeos achei muito interessante", conta Ciritelle, que diz ter como especialidade a mágica com cartas.

Apesar de estar no cursinho para tentar uma vaga em engenharia civil, ele deseja seguir carreira como mágico e hipnotizador. "Tem gente que fala: "se a engenharia não der certo, eu viro mágico", mas eu falo o contrário -- se a mágica não der certo, eu viro engenheiro", brinca.

Hipnose é coisa séria

Apesar de ser uma pessoa bem humorada e descontraída, Ciritelle leva a hipnose muito a sério. "Faz seis meses que pratico a hipnose, porque foi quase um ano só de teoria", conta o aluno, que diz que seus estudos envolvem conhecimentos de fisiologia do corpo humano e psicanálise. 

A hipnose é uma técnica de atenção concentrada, segundo Miriam Farias, psicóloga especialista em hipnose clínica. É algo entre o sono e a vigília. Entre seus benefícios, especialistas acreditam que a técnica pode combater o estresse, a ansiedade e ajudar na confiança.

Atenção: a hipnose deve ser aplicada por profissionais habilitados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos