PUBLICIDADE
Topo

Angela Merkel Política alemã

17/7/1954, Hamburgo, Alemanha

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

13/06/2012 14h50

Angela Merkel assumiu a chancelaria da República Federal da Alemanha em novembro de 2005 e é lembrada como uma das mulheres mais poderosas do mundo. Filha de um pastor luterano, a chanceler alemã nasceu na cidade de Hamburgo em 1954 e foi criada na cidade de Templin, na antiga Alemanha Oriental.

Estudou Física na Universidade de Leipzig e trabalhou no Instituto Central de Físico-química na Alemanha Oriental, onde viveu até a queda do Muro de Berlim, em 1989, quando houve a unificação das Alemanhas e a formação da República Federal da Alemanha.

Nascida Angela Dorothea Kasner, manteve o sobrenome de seu primeiro marido, Ulrich Merkel, um físico com quem foi casada entre os anos de 1977-1982. Desde 1998 está casada com Joachim Sauer, um professor de química, e vive em Berlim.

A chanceler alemã concluiu seu doutorado em 1986 e entrou para a política em 1989, quando se filiou ao partido Despertar Democrático. Em 1990, ingressou na União Democrática Cristã, partido do então chanceler Helmut Kohl que esteve à frente do país entre 1982 e 1998.

A jovem cientista optou pela militância política depois da queda do muro de Berlim e participou do governo de Helmut Kohl exercendo os cargos de Ministra Federal da Mulher e Juventude e posteriormente Ministra Federal do Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear.

Em 2000, tornou-se presidente da CDU, o que foi visto como uma novidade, pois a União Democrática Cristã é um partido conservador, que em sua história sempre esteve controlado pelos homens.

Na verdade, desde o início de sua ascensão política, Angela Merkel teve dificuldades para se impor como figura de destaque no partido. Segundo analistas, tais dificuldades explicavam-se por sua falta de experiência política e pelo limitado carisma, mas com o tempo conquistou espaço e credibilidade perante as lideranças mais antigas.

Como a primeira mulher eleita pelo parlamento alemão e primeira personalidade política da Alemanha Oriental a governar o país, Merkel faz um governo marcado pela austeridade. É notório também seu empenho em defesa dos princípios estabelecidos pela União Europeia a respeito das relações econômicas entre os países da Zona do Euro.

De fato, não apenas por ser um dos países que fundaram a Comunidade Econômica Europeia, a Alemanha é um país de grande potencial econômico e que só tem a ganhar com a estabilidade na região. Mas para isso acontecer, a chanceler alemã tem de acomodar as forças políticas do seu governo de coalizão e encontrar soluções que levem a um equilíbrio maior entre as economias dos países da comunidade europeia.

Fonte: Chancelaria da Alemanha e Folha de S. Paulo