Topo

Biografias


Porfírio Filósofo grego

c. 232, talvez Tiro, atual Sur (Fenícia, atual Líbano)

c. 304, talvez Roma (Itália)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

24/10/2009 12h26

Um dos expoentes do neoplatonismo, a influência de Porfírio é inferior apenas à de Plotino. Ainda jovem, estudou em Atenas, onde absorveu o platonismo de Longino. A seguir, partiu para Roma, onde foi discípulo de Plotino. Esses seus dois mestres foram seguidores das ideias de Amônio Sacas, de Alexandria.

Porfírio viveu em Roma até 269, quando, por insistência de Plotino, viajou à Sicília, em busca de cura para uma grave depressão. Ali permaneceu vários anos, quando, então, retorna a Roma, a fim de assumir a direção da escola de Plotino.

Porfírio se dedicou a explicar a lógica de Aristóteles e a defender o neoplatonismo de Plotino. Suas obras mais famosas foram escritas na Sicília: Contra os cristãos, da qual sobreviveram apenas fragmentos, e a Isagoge, na qual ele objetiva apresentar uma exposição dos conceitos necessários para se entender as Categorias de Aristóteles.

A partir de seus estudos das Categorias, Porfírio criou uma estrutura lógica - a Árvore de Porfírio - que, partindo de um conceito ou gênero amplo, divide esse gênero em outros tantos gêneros subordinados, mutuamente excludentes e coletivamente exaustivos, por meio de um par de opostos, chamado "diferenças". O processo de divisão pelas diferenças segue até que a espécie mais baixa seja alcançada, espécie essa que não pode ser mais dividida. Como neste exemplo, retirado do Dicionário de Filosofia de Cambridge:
 

Página 3

A Isagoge, traduzida para o latim por Boécio, foi repetidas vezes editada, na Idade Média, acompanhada pelo texto do Organon de Aristóteles. Segundo William E. Mann, a publicação da Isagoge nesse formato talvez tenha precipitado a discussão do problema dos universais no século 12.

Porfírio também coligiu, organizou e editou os escritos de Plotino, além de escrever a biografia de seu mestre, uma História da Filosofia e uma biografia de Pitágoras.
 

Dicionário de Filosofia de Cambridge; Dicionário Oxford de Literatura Clássica