Hábitos modernos

Lucila Cano

Lucila Cano

O Dia do Consumidor e a consequente conquista de direitos em situações de compra foram timidamente incluídos no noticiário e nas promoções dos lojistas. Em anos anteriores, o 15 de março era a data das ofertas tentadoras nos intervalos dos programas na televisão. Em anos anteriores, o 15 de março era a oportunidade para entrevistas e debates a respeito da relação entre o consumidor e o fabricante/revendedor.

Depois de 26 anos da sua criação, o Código de Defesa do Consumidor já foi incorporado ao dia a dia dos brasileiros e, embora nem todos façam o melhor uso dele, trata-se de uma conquista sem volta. Mas, com direito a aperfeiçoamentos, como tudo na vida.

Contextualizar o consumo no plano da sustentabilidade, chamando o consumidor para um freio nas compras, não se aplica ao momento atual do país. Com exceção de dois produtos, sempre sujeitos a escassez: água e energia.

Que as chuvas provocadas pela troca de estações do ano não nos enganem. Precisamos evitar os desperdícios e manter os hábitos de consumo mais moderados. Recursos naturais não são inesgotáveis e, entre nós, estão cada vez mais caros.

Ideias para evitar o desperdício de água

As máquinas de lavar roupa consomem muita água, mas os modelos mais modernos já permitem dosar a quantidade de água ao volume de roupas a lavar e, ao final da lavagem, retirar a água para outros usos, como a limpeza de pisos. Acumular as roupas da semana para lavar tudo de uma só vez também evita o desperdício.

Torneira jorrando água na pia é elemento cenográfico para novelas e filmes. Na vida real, não precisamos desse "clima". Basta um copo de água na hora de escovar os dentes. Tome banhos mais rápidos. Além do desperdício de água, o chuveiro é o maior consumidor de energia elétrica numa casa.

A água da piscina inflável das crianças pode ser utilizada para regar as plantas do jardim quando for esvaziada para limpeza.

A água da chuva pode ser coletada em casas térreas e utilizada para regar plantas e lavar as áreas externas. Por causa da ameaça do mosquito da dengue, os reservatórios precisam ser bem fechados.

A água de piscinas precisa ser tratada com produtos adequados e, quando não estiver em uso, a piscina deve ser coberta com lona. O procedimento evita a evaporação da água.

Papel absorvente e guardanapos de papel ajudam a retirar restos de alimentos de panelas e pratos, antes da lavagem da louça. Quem tem máquina de lavar pratos já faz isso, com certeza. Na pia, a pré-limpeza dos utensílios evita os entupimentos causados por gordura, e facilita a lavagem, com menos água e detergente.

Ideias para evitar o desperdício de energia elétrica

Por mais que se fale, não custa repetir: apague as luzes ao sair de qualquer ambiente.

Troque as lâmpadas comuns por lâmpadas fluorescentes ou LED. As lâmpadas incandescentes de 60 Watts não são mais vendidas no mercado e vale a pena investir nas LED. Elas custam caro, mas duram mais e consomem menos energia. Se o orçamento não permite trocar todas as lâmpadas de uma vez, faça as trocas aos poucos. Depois de um tempo, a economia aparece na conta a pagar. Importante: antes da compra, procure saber qual a LED adequada para cada uso na casa.

Desligue o monitor quando o computador não estiver sendo usado. Também não se exceda no caso de baterias de celulares e câmeras. Duas horas são suficientes para que esses equipamentos sejam desligados da tomada.

Sempre que possível, troque o uso de ventiladores e ar condicionado pela ventilação natural. Abra portas e janelas. Além de arejar o ambiente, a prática aumenta a luminosidade e dispensa luzes acesas.

Provavelmente, tudo o que aqui está já é do conhecimento do leitor mais atento às questões ambientais. Mas, ao menos de vez em quando, é preciso insistir na necessidade que temos de preservar nossos recursos naturais. Principalmente no Brasil, onde a dependência da água para a geração de energia elétrica ainda é grande.

* Homenagem a Engel Paschoal (7/11/1945 a 31/3/2010), jornalista e escritor, criador desta coluna.

Lucila Cano

Colunista especialista em temas relacionados ao 3º setor; assumiu a coluna em 9/4/2010.

UOL Cursos Online

Todos os cursos