Topo

Educação

Pesquisa escolar


23 de maio - Dia da Juventude Constitucionalista

Da Redação, em São Paulo

No dia 9 de julho, o Estado de São Paulo comemora o aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932. Porém, foi no dia 23 de maio desse mesmo ano que os paulistas decidiram lutar pelo constitucionalismo.

O levante se deu depois da morte de 14 manifestantes constitucionalista em São Paulo, durante uma manifestação contra o governo de Getúlio Vargas. Na época, apenas quatro estudantes haviam sido identificados: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo. As iniciais de seus nomes formaram a sigla MMDC, que se transformou no símbolo da revolução.

Os paulistas exigiam que o país tivesse uma constituição e que fosse mais democrático. O inconformismo dos paulistas era maior porque Vargas ocupava a presidência da República devido a um golpe de Estado, aplicado após sua derrota para o paulista Júlio Prestes nas eleições presidenciais de 1930.

A revolução armada começou no dia 9 de julho, com o apoio de mineiros e gaúchos. Mas essas tropas aliadas não vieram em auxílio dos paulistas e, após três meses de luta, o governo federal saiu vitorioso. Com o confronto, Getúlio percebeu que não poderia ignorar a elite paulista.

Durante o conflito, cerca de 135 mil homens aderiram à luta, que deixou quase 900 soldados mortos no lado paulista, sendo muitos deles jovens idealistas.

Mais Pesquisa escolar