Topo

Pesquisa escolar

Geografia


Minério de Ferro - Brasil é um dos principais produtores mundiais

Luiz Carlos Parejo

O minério de ferro é abundante no mundo, porém as jazidas concentram-se em poucos países, sendo que apenas cinco detêm 77% das ocorrências totais. O Brasil abriga 8,3% das reservas, a quinta maior do mundo, equivalente a 17 bilhões de toneladas. As reservas do Brasil e da Austrália apresentam o maior teor de ferro contido, da ordem de 60%.

O ferro geralmente aparece associado com outros elementos químicos, por isso o seu aproveitamento econômico está relacionado com sua porcentagem junto com outros elementos presentes no minério.

Por exemplo, a hematita e a magnetita são intensamente aproveitadas, já que possuem teor de ferro superior a 60%. Já a pirita possui ferro, mas seu principal aproveitamento está na produção de enxofre.

O Brasil é o segundo maior produtor de minério de ferro do mundo, sendo que a China produz cerca de 21% e o Brasil, 19%. As maiores jazidas brasileiras estão em Minas Gerais, com 61,2% das reservas nacionais, Mato Grosso do Sul, com 28,1% e o Pará, com 10,4%.

Reservas mundiais de minério de ferro em bilhões de toneladas

CEI78
Austrália28
Canadá26
EUA25
Brasil17
Índia12
Àfrica do Sul9,3
China9
Suécia4,6
Venezuela3,3
Outros Países15,5
Total227,7

Fonte: DNPM - BNDES

Transformando a matéria-prima

A transformação do minério de ferro em aço ocorre nas siderúrgicas (siderurgia é a metalurgia do ferro). O minério de ferro passa por um processo de purificação inicial chamado de pelotização.

No alto-forno coloca-se o carvão com alto teor de carbono (coque), calcário para remover as impurezas e acrescenta-se o oxigênio para a queima, essa combinação vai resultar no ferro gusa ou ferro fundido e aço.

Para produzir ferro e aço com características específicas acrescenta-se outros metais e elementos químicos como o níquel e cromo (aço inox) ou tungstênio, manganês e molibdênio (tesouras e trilhos).

Indústria brasileira

Favorecida pelo aumento do preço do minério de ferro em 71,5% só em 2005 e de 19% em 2006 (o acumulado de 2004 a setembro de 2007 chega a 164%) a Companhia Vale do Rio Doce sucessivamente apresenta os melhores resultados econômicos da sua história, batendo recordes de embarques de minério de ferro e pelotas, receita bruta, exportações, desempenho operacional, geração de caixa e lucro líquido.

A Vale é a maior produtora desta commodity no mundo. Esse aumento está relacionado com o intenso crescimento mundial, principalmente da China. O maior exportador de ferro para a China é a Austrália, com 37,95% do total, seguida da Índia, Brasil e África do Sul.

Em 2005, o Brasil foi o principal destino individual de vendas da Vale, com 23% do total, enquanto a Europa ficou com 30,2% e a Ásia com 25,1%, puxada pela demanda da China, que sozinha comprou 11,3% da produção da mineradora brasileira.

A China está aumentando a sua produção para tentar frear o aumento dos preços internacionais do minério de ferro, por isto existe uma tendência de redução dos preços para os próximos anos.

Luiz Carlos Parejo é geógrafo e professor de geografia.

Mais Geografia