PUBLICIDADE
Topo

Sistema solar - Terra - Nosso lar no espaço

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

(Atualizado em 11/12/2013, às 12h)

A crosta continental, cuja espessura que varia de 20 a 65 km, é rica em granito e pobre em silício na parte superior, mas, na parte inferior, há rochas ricas em silício. Com espessura média de cinco quilômetros, a crosta oceânica é composta principalmente de rochas basálticas ricas em silício, alumínio, ferro e magnésio.

A densidade na crosta é de 2,8 g/cm3 em média, chega a 3,3 no manto superior e aumenta com a profundidade até 5,7 g/cm3 antes da transição manto-núcleo, onde passa bruscamente a 9,7 g/cm3, até chegar a 15 g/cm3 no centro da Terra. Lá a pressão é de 3,6 milhões de atmosferas e a temperatura é estimada em torno de 3.500 K, no mínimo.

A crosta continental e a oceânica são separadas do manto pela descontinuidade de Mohorovic. O manto ocupa 80% do volume terrestre e é dividido em superior (com 1.000 km de espessura) e inferior (com 1.900 km de espessura).

O núcleo externo é formado por uma liga líquida de ferro e níquel, e tem 2.100 km de espessura. Já o núcleo interno, com raio de 1.370 km, apresenta composição idêntica à do núcleo externo, porém em estado sólido. A sua existência não é totalmente comprovada, mas é uma teoria bem aceita na comunidade científica. Existe uma camada de transição entre os núcleos externo e interno que não chega a 100 km.

Distância média do Sol:149.600.000 km
Rotação:23,9345 horas
Translação:365,256 dias
Diâmetro:12.756 km
Massa:5,976 x 1024 kg
Temperatura média nerfíciea sup:15oC
Pressão atmosférica:1,013 bar
Luas:uma
Composição básica da atmosfera:nitrogênio e oxigênio

 

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Geografia