Enem

Justiça do Ceará determina que 12 candidatos tenham acesso às suas redações do Enem

Do UOL, em São Paulo

A Justiça Federal do Ceará concedeu a 12 candidatos o acesso às cópias de suas redações do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2011.

Por meio de um pedido conjunto, composto por dez candidatos, e de dois individuais, o juiz federal de plantão Leonardo Resende Martins determinou que devem ser fornecidos aos candidatos o modelo padrão de resposta, as cópias da prova de redação e seus espelhos individuais de correção.

A decisão foi expedida no dia 5 de janeiro em "caráter" de urgência diante do prazo de inscrição para participação no processo seletivo do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que teve início no dia 7 de janeiro.

De acordo com o juiz, é “plenamente possível que o Judiciário autorize (...) o livre acesso às provas e critérios de correção dos exames, sem que com isto interfira na margem de discricionariedade inerente à gestão pública”.

Para todo o país

Ao UOL Educação, Oscar Costa Filho, procurador da República no Ceará, afirmou que avalia entrar com um pedido para que todos os candidatos do país possam ver as redações corrigidas se assim desejarem. "Mas, quem está entrando na Justiça, está ganhando", disse.

Um estudante de São Paulo teve a nota alterada de 0 para 880 após entrar na Justiça com um pedido de vista da redação, mesmo sem mostrar a prova. Após o Judiciário negar um pedido de reconsideração da decisão, o ministério prometeu que exibiria a cópia ainda nesta terça-feira (10)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos