PUBLICIDADE
Topo

Universitário "padrão" é mulher e estuda à noite, mostra Censo; UOL acompanha dia de aluna

Rafael Targino

Do UOL, em São Paulo

27/05/2012 06h00

Ana Carolina Cabrelli, 21, acorda todos os dias às 6h da manhã para ir ao trabalho. Depois de uma hora dentro do transporte público de São Paulo, ela chega à fábrica onde faz estágio. O dia dela, no entanto, só termina por volta das 23h30, depois que ela volta da faculdade particular onde cursa nutrição.

Além de ter a rotina de boa parte dos estudantes brasileiros, Carolina é praticamente um “modelo” de aluna do ensino superior presencial do país, segundo estudo do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais): mulher, frequenta uma instituição privada, faz bacharelado noturno e tem 21 anos.

Perfil do universitário brasileiro

 PresencialA Distância
SexoFemininoFeminino
CategoriaPrivadaPrivada
GrauBachareladoLicenciatura
TurnoNoturno--
Idade 2129
Idade de ingresso1928
Idade de conclusão2331
  • Fonte: MEC/Inep

Os dados do Inep estão no Resumo Técnico do Censo da Educação Superior 2010. No ensino a distância, o perfil é semelhante: a aluna é mulher, tem 29 anos e faz uma licenciatura numa instituição privada.

Neste ano, o governo traçou um perfil do estudante brasileiro por curso. As mulheres “dominam” os cursos das áreas de educação, humanidades e artes, ciências sociais, negócios e direito, saúde e bem estar social e serviços. Já os alunos dos cursos de ciências, matemática e computação, engenharia, produção e construção e agricultura e veterinária são majoritariamente homens.

Turma de Carolina só tem mulheres

Carolina diz que se decidiu por nutrição ao manter contato com pessoas da área de saúde. Segundo ela, em sua turma, na Uninove (Universidade Nove de Julho), o perfil padrão se repete: só há meninas. “A maioria também acorda supercedo, vai trabalhar e dorme supertarde”, conta.

Ela diz se arrepender de não ter prestado vestibular para a USP (Universidade de São Paulo). “Não estudei pra isso e acho que deveria ter me dedicado mais pra tentar uma faculdade pública”, diz.

Mesmo feliz com a opção escolhida, a estudante diz ter dúvidas se escolheu o curso certo. “[Na época do vestibular] Não pensei em fazer outro curso. Agora, penso em fazer outra coisa. Gosto muito do que eu faço, mas não sei se foi a escolha certa. Às vezes, cogito fazer outro curso. Alguma coisa relacionada a marketing”, afirma.

Perfil do universitário por área - cursos presenciais

 EducaçãoHumanidades e artesCiências sociais, negócios e direitoCiências, matemática e computação
SexoFemininoFemininoFemininoMasculino
CategoriaPrivadaPrivadaPrivadaPrivada
ModalidadePresencialPresencialPresencialPresencial
GrauLicenciaturaBachareladoBachareladoBacharelado
TurnoNoturnoNoturnoNoturnoNoturno
Idade21212121
Idade (ingresso)19191919
Idade (concluinte)23222322
 Engenharia, produção e construçãoAgricultura e veterináriaSaúde e bem estar socialServiços
SexoMasculinoMasculinoFemininoFeminino
CategoriaPrivadaPúblicaPrivadaPrivada
ModalidadePresencialPresencialPresencialPresencial
GrauBachareladoBachareladoBachareladoTecnológico
TurnoNoturnoIntegralIntegralNoturno
Idade20212120
Idade (ingresso)19181919
Idade (concluinte)23232322
  • Fonte:MEC/Inep
  • Para construção do perfil do aluno, foi considerada a moda: medida de posição que identifi ca o atributo com maior frequência na distribuição dos aspectos selecionados