PUBLICIDADE
Topo

USP sobe 20 posições em ranking internacional e é a única da AL entre as 200 primeiras

Do UOL, em São Paulo

03/10/2012 18h04Atualizada em 03/10/2012 18h43

A USP (Universidade de São Paulo) subiu vinte posições e aparece em 158º lugar no ranking inglês THE (Times Higher Education). A lista com as 400 melhores universidades do mundo foi divulgada nesta quarta-feira (3). A USP é a única universidade da América Latina que aparece entre as 200 primeiras colocadas. 

Confira as dez primeiras colocadas no ranking THE e veja a posição das brasileiras

PosiçãoInstituiçãoPaísPontuação
Instituto de Tecnologia da CalifórniaEUA95,5
Universidade StanfordEUA93,7
Universidade de OxfordING93,7
Universidade HarvardEUA93,6
Instituto de Tecnologia de MassachusettsEUA93,1
Universidade PrincetonEUA92,7
Universidade de CambridgeING92,6
Imperial College LondonING90,6
Universidade da Califórnia, BerkeleyEUA90,5
10ªUniversidade de ChicagoEUA90,4
158ªUniversidade de São PauloBRA50,5
251-275Universidade Estadual de CampinasBRANão divulgada
  • Fonte: THE

O Brasil aparece novamente na lista apenas uma vez, com a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que ocupa o grupo das instituições entre as posições 251-275. O primeiro lugar do ranking ficou novamente com o Instituto de Tecnologia da Califórnia, nos Estados Unidos. 

A elaboração do ranking leva em conta o desempenho das instituições em 13 indicadores, agrupados em cinco áreas: ensino, pesquisa, inovação, citações dos trabalhos e presença internacional. 

Veja as pontuação da USP no ranking THE

CritérioPontuação
Pontuação geral50,5
Ensino63
Presença internacional24,5
Inovação40
Pesquisa65,7
Citações30,2
  • Fonte: THE

Melhor na América Latina

Em junho deste ano, a USP foi considerada a melhor universidade latino-americana pela instituição britânica QS (Quacquarelli Symonds). A Unicamp e a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), que subiu da 19ª posição em 2011 para a 8ª neste ano, completam a lista das brasileiras no top 10.

A mesma instituição também classificou a área de ensino de comunicação da USP como a 11ª melhor do mundo