PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Em Belém, candidata não consegue liberação do trabalho e sai cedo da prova do Enem 2012

Sandra Rocha

Do UOL, em Belém

04/11/2012 17h18

Em Belém, a candidata Adrielly Ferreira, 22, terminou mais cedo a prova no segundo dia de Enem 2012 (Exame Nacional do Ensino Médio) por não ter conseguido dispensa do chefe para fazer a prova. Adrielly vai trabalhar em uma feira de arquitetura.

A candidata, que saiu do campus da UFPA (Universidade Federal do Pará) pelas 15h, considerou a prova de matemática complicada. As questões exigiam lógica e apresentavam opções de respostas muito parecidas. “Estava muito trabalhosa. Fiquei meio confusa”, comentou.

Para a estudante Ágata Marques, 20, o tema de redação foi difícil --o Enem pediu um texto sobre o movimento imigratório para o Brasil no século 21. “A redação tava muito difícil”, afirmou a candidata, que pretende utilizar o Enem para se candidatar ao Prouni (Programa Universidade Para Todos) para uma vaga em psicologia.

Ágata disse ter utilizado conhecimentos básicos sobre imigração para desenvolver o tema, mas reconheceu que poderia ser melhor. No cursinho em que estudou por alguns meses, a imigração não foi mencionada nenhuma vez como possível tema.

Vestibular