PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Em SP, candidatos classificam prova de matemática do Enem 2012 como fácil

Bruno Sepulveda, 18, de SP, achou a prova de matemática mais fácil. "Matemática estava mais fácil que português, mas isso porque gosto mais de matemática" - Rogério Cassimiro/UOL
Bruno Sepulveda, 18, de SP, achou a prova de matemática mais fácil. "Matemática estava mais fácil que português, mas isso porque gosto mais de matemática" Imagem: Rogério Cassimiro/UOL

Suellen Smosinski

Do UOL, em São Paulo

04/11/2012 16h22

"Vilã" na maioria dos vestibulares, a prova de matemática do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012 foi classificada como fácil pela maioria dos candidatos ouvidos pelo UOL em local de prova na Barra Funda, zona oeste de São Paulo.

Para Beatriz Amorim, 18, "a prova foi bem fácil, foi simples, mas os candidatos tinham que prestar atenção, porque tinha muito raciocínio lógico". A estudante elogiou o tema de redação, por ser " popular e sempre sair no jornal". "Matemática caiu muita potência e fração, não estava difícil", afirmou.

Charles Alves, 18, achou que as provas de ontem estavam mais difíceis. "Hoje foi mais tranquilo. Achei que matemática estava bem mais fácil, tinha bastante fração e raiz quadrada. Português foi mais interpretação de texto", disse. Só a prova de inglês não agradou o candidato: "Pra falar a verdade não entendi nada, mas já sabia que não ia bem mesmo, foi na sorte".

Ainda no segundo ano do ensino médio, Giovanna Marangoni, 16, gostou da prova. " Achei que ia ser mais assustador, mas foi fácil. A maioria das respostas estava na pergunta, então me dei bem. matemática estava fácil, bem básico, no máximo uma regra de três", afirmou. A estudante também contou que acabou cochilando na prova, " pois não estava valendo nada mesmo".

Outro candidato que achou a prova de matemática fácil foi Bruno Sepulveda, 18. "No geral, a prova estava mais ou menos. Matemática estava mais fácil que português, mas isso porque gosto mais de matemática", disse. ele também sentiu dificuldade na prova de inglês, por falta de conhecimento da disciplina.

Já Erick Vasconcelos, 19, discorda dos candidatos acima: "Achei muito difícil, tinha muitas questões de matemática que estavam impossíveis de recordar. Português estava mais tranquilo, mas os textos para fazer  redação eram muito grandes". O candidato optou pela prova de espanhol, por já ter feito curso do idioma, e achou que estava "tranquilo".

Hoje, a partir das 19h o UOL terá a correção online do segundo dia de provas do Enem. A previsão é que o gabarito oficial seja divulgado na quarta-feira (7).

Vestibular