PUBLICIDADE
Topo

Primeira escola pública de surfe do país atende alunos de 5 a 83 anos

Primeira escola pública de surfe do país foi inaugurada em Santos em 1992 - Rê Sarmento/Divulgação Prefeitura de Santos
Primeira escola pública de surfe do país foi inaugurada em Santos em 1992 Imagem: Rê Sarmento/Divulgação Prefeitura de Santos

Rafael Motta

Do UOL, em Santos (SP)

08/02/2013 05h30

A Escola Radical de Surf, primeira do gênero no Brasil, foi inaugurada há 20 anos, em junho de 1992. Mantida pela prefeitura, atende cerca de 2.000 alunos por ano –250 inscritos para aulas de março a dezembro, e os demais em cursos de verão e aulas esporádicas, segundo o coordenador, Francisco Alegre Araña, o Cisco, 55.

INSPIRAÇÃO PELO SURFE

  • Francisco Arrais/Divulgação Prefeitura de Santos

    Cego se forma em educação física e inicia segunda graduaçãoem direito; quer ser juiz

A cidade é pioneira na prática do surfe. Foi em Santos que um brasileiro “pegou ondas” pela primeira vez: Osmar Gonçalves (1922-1999). Em 1938, ajudado por dois amigos, Gonçalves construiu uma prancha baseada num modelo norte-americano, era de madeira, pesava em torno de 80 quilos e tinha 3,90 metros de comprimento.

Atualmente, o aluno mais novo da Escola Radical tem 5 anos, e a mais velha, 83. Também se atendem pessoas com deficiências físicas e mentais. Além de Araña, há outros quatro professores formados em educação física e pós-graduados. “É um curso totalmente ligado à natureza, com orientações sobre o mar e a vida marinha”, explicou o coordenador.

A escola fica no Posto de Salvamento 2, na praia da Pompeia, entre os canais 1 e 2 (avenidas Senador Pinheiro Machado e Bernardino de Campos). As aulas são gratuitas. As inscrições devem ser feitas pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h.

Mais detalhes pelo telefone (13) 3251-9838.