Governo chinês quer acabar com lição de casa para estudantes

Do UOL, em São Paulo

Na China, o ministério da Educação está tentando reduzir a lição de casa dos estudantes. O objetivo seria reduzir a pressão sobre os jovens, segundo reportagem da revista inglesa "The Economist".

  • 12211
  • true
  • http://educacao.uol.com.br/enquetes/2013/09/11/voce-acha-que-os-alunos-devem-fazer-licao-de-casa.js

A proposta apresentada em 22 de agosto prevê a proibição de lições de casa por escrito para todas as crianças abaixo de 12 anos e a retirada de provas para alunos de até nove anos. O texto ainda prevê que as escolas de ensino fundamental aumentem o número de atividades extraclasse, como visitas a museus e trabalhos manuais.

Por conta da intensa competição por vagas nas universidades e no mercado de trabalho, os estudantes chineses gastam horas com lição de casa todos os dias. A pressão sobre as crianças é fonte de constantes reclamações dos pais, segundo a reportagem da "The Economist". 

No entanto, os próprios pais têm sido contrários à redução das tarefas por temerem que os filhos percam chances de entrar na universidade.

A proposta tem sido alvo de diversas críticas nas redes sociais. O verdadeiro problema, segundo os críticos, seria o exigente sistema de seleção para as universidades, que aceitaria apenas os alunos com as melhores pontuações no exame nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos