Topo

Xangai lidera rankings educacionais do Pisa; Brasil é 55° lugar em leitura

Do UOL, em São Paulo

03/12/2013 08h00Atualizada em 03/12/2013 10h02

A cidade chinesa de Xangai lidera os três rankings do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) 2012 e aparece com os melhores desempenhos em matemática (613 pontos), leitura (570 pontos) e ciências (580 pontos) dentre as 65 economias avaliadas pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Os dados foram divulgados nesta terça-feira (3).

RANKING DE LEITURA PISA 2012

EconomiasMédia
1º - Xangai-China570
2º - Hong Kong-China545
3º - Cingapura542
4º - Japão538
5º - Coreia do Sul536
6º - Finlândia524
7º - Irlanda523
8º - Taiwan (Taipei-China)523
9º - Canadá523
10º - Polônia518
Média da OCDE496
53º - Montenegro422
54º - Uruguai411
55º - Brasil410
56º - Tunísia404
57º - Colômbia403
65º - Peru384
  • Fonte: OCDE

As economias asiáticas dominam o topo de desempenho dos estudantes. Hong Kong aparece em 2° lugar em ciências e leitura e na 3ª posição no rol de matemática. Já Cingapura ficou com a 2ª colocação em matemática e com a 3ª posição em leitura e ciências.

Os estudantes brasileiros tiveram desempenho pior que o de 2009 em leitura. Com dois pontos a menos (410), o Brasil ficou com a 55ª posição do ranking de leitura, era 53ª na avaliação anterior. Quase 90 pontos abaixo da média da OCDE (496), o Brasil tem o desempenho pior que o de países como Chile, Uruguai, Romênia e Tailândia.  

Em ciências, o Brasil caiu do 53° posto para o 59° lugar, apesar de ter mantido a mesma pontuação (405). A média dos países de OCDE nessa disciplina foi de 501 pontos.

Matemática foi a única disciplina em que os brasileiros apresentaram avanço no desempenho, ainda que pequeno. O Brasil saiu de 386 pontos, em 2009, e foi a 391 pontos --a média da OCDE é de 494 pontos. A melhora não foi suficiente para que o país avançasse no ranking e o Brasil caiu para a 58ª posição em matemática. 

Segundo Ocimar Munhoz Alavarse, especialista em educação pela Faculdade de Educação da USP (Universidade de São Paulo), o país ainda tem muitos alunos com baixo desempenho nas áreas avaliadas. "Quando a gente olha o Brasil nos resultados desse Pisa, não só a média geral é baixa como tem muita gente concentrada abaixo do nível adequado. Esses alunos que saem do ensino fundamental e são avaliados pela prova acabam tendo o desempenho que se espera de um aluno do 5º ou 6º ano".

O que é o Pisa

O Pisa busca medir o conhecimento e a habilidade em leitura, matemática e ciências de estudantes com 15 anos de idade tanto de países membro da OCDE como de países parceiros. O exame foi aplicado a 510 mil alunos.

Figuram entre os países membros da OCDE Alemanha, Grécia, Chile, Coreia do Sul, México, Holanda e Polônia. Países como Argentina, Brasil, China, Peru, Qatar e Sérvia aparecem como parceiros e também fazem parte da avaliação.

A avaliação já foi aplicada nos anos de 2000, 2003, 2006 e 2009. Os dados divulgados hoje foram baseados em avaliações feitas em 2012.

RANKING DE MATEMÁTICA DO PISA 2012

EconomiasMédia
1º - Xangai-China613
2º - Cingapura573
3º - Hong Kong-China561
4º - Taiwan (Taipei-China)560
5º - Coreia do Sul554
6º - Macau-China538
7º - Japão536
8º - Liechtenstein535
9º - Suíça531
10º - Holanda523
Média da OCDE494
56º - Costa Rica407
57º - Albânia394
58º - Brasil391
59º - Argentina388
60º - Tunísia388
65º - Peru368

RANKING DE CIÊNCIAS DO PISA 2012

EconomiasMédia
1º - Xangai-China580
2º - Hong Kong-China555
3º - Cingapura551
4º - Japão547
5º - Finlândia545
6º - Estônia541
7º - Coreia do Sul538
8º - Vietnã528
9º - Polônia526
10º - Canadá525
Média OCDE501
57º - Jordânia409
58º - Argentina406
59º - Brasil405
60º - Colômbia399
61º - Tunísia398
65º - Peru373

 

Mais Educação