PUBLICIDADE
Topo

De "feia" a rainha do baile: estudante negra reage a bullying com vestido

Do UOL, em São Paulo

10/06/2015 18h16

Depois de sofrer bullying no ensino médio, sendo rotulada como “feia”, a norte-americana Kyemah McEntyre, 18, decidiu dar uma resposta aos seus detratores. Como forma de superar o passado, ela decidiu usar estampas de inspiração étnica no vestido de formatura que ela mesma desenhou. Sua atitude fez tanto sucesso que ela foi eleita a rainha do baile e ganhou as redes sociais.

“Tenho 18 anos e sou sem dúvidas descendente de africanos. Como artista, tenho um ponto de vista completamente diferente da maioria das pessoas”, explicou a garota em seu perfil do Instagram.

As fotos, compartilhadas pela jovem em sua conta no Instagram, logo viralizaram e ela acumula mais de 30 mil seguidores na rede.

O processo também serviu como uma forma de empoderamento, conta Kyemah: “Nós impedimos nosso crescimento espiritual, ao permitirmos que suposições e estereótipos perturbem nossa mente e, por consequência, a imagem que temos dos nossos corpos”, conta.  “Não deixe que ninguém te defina. Coisas maravilhosas acontecem quando você tem orgulho de si mesma”, escreveu.