PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Grupo de amigas 'madruga' em SP para não ser meme no Enem

Amigas chegaram três horas e meia antes do segundo dia de provas do Enem - Bruno Santos/UOL
Amigas chegaram três horas e meia antes do segundo dia de provas do Enem Imagem: Bruno Santos/UOL

Janaina Garcia

Do UOL, em São Paulo

06/11/2016 12h55

Um grupo de amigas resolveu não correr riscos e foi o primeiro a chegar à porta da Uninove, na zona oeste de São Paulo, para o segundo e último dia de provas do Enem. Elas vieram de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, e chegaram às 9h30 --três horas e meia antes do fechamento dos portões.

E o risco nem era tanto pela perda da prova, admitiram: o medo era virar meme nas redes sociais.

"Deus me livre aparecer no jornal ou na internet com a cara na grade, em meme, como 'a atrasada do Enem'", disse a estudante Fernanda Cavalcanti, 17.

"Longe da gente sair nas notícias chorando. Não seremos meme, aceitem", avisou a amiga dela, a também estudante Larissa Stéfany, 17.

Sobre hoje, o grupo de amigas se mostrou um pouco mais tenso, na verdade, sobre o tema da redação. Para aliviar a tensão, pensaram uma espécie de "anti-dicas" para a concorrência --com tudo o que não é recomendado em uma prova de redação do tipo.

"Comecem com 'eu acho que' e façam a prova a lápis, por exemplo", caçoou Fernanda, que completou: "Brincadeiras à parte, só espero que não caia nada de política e nem desse governo, que aí não vou mesmo saber escrever algo coerente", disse.

Vestibular