Topo

Educação

Vestibular


Racismo no Brasil é o tema da redação da 2ª edição do Enem 2016

Do UOL, em São Paulo

04/12/2016 13h39Atualizada em 04/12/2016 21h54

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou na tarde deste domingo (4) o tema da redação da segunda aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio 2016): “Caminhos para combater o racismo no Brasil”.
 


Os mais de 277 mil candidatos devem elaborar um texto argumentativo de até 30 linhas com uma proposta de intervenção social para a situação-problema apresentada. A proposta defendida pelo candidato deve, obrigatoriamente, respeitar os direitos humanos.

Na primeira edição do Enem 2016, que aconteceu em novembro, o tema da redação foi "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil".

Hoje, além da redação, os candidatos respondem a 90 questões de linguagens e matemática. Eles terão cinco horas e meia para concluir o exame.

O UOL terá o gabarito extraoficial e a correção comentada por professores do Curso e Colégio Objetivo do primeiro dia de prova a partir das 18h.

O que zera a redação

As notas da redação vão de zero a mil. Quem zera a redação não pode concorrer a vagas de ensino superior em instituições federais.

O candidato pode tirar nota zero caso seu texto apresente:

- fuga total ao tema;
- não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
- extensão de até 7 linhas;
- cópia de texto motivador;
- impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação;
- parte deliberadamente desconectada do tema proposto;
- desrespeito aos direitos humanos; e
- folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.

Veja errata

Mais Vestibular