Enem

Inep divulga horário de liberação dos resultados do Enem 2017

Do UOL, em São Paulo

  • Marlene Bergamo/Folhapress

As notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2017 estarão disponíveis a partir das 11h desta quinta-feira (18). A divulgação vai acontecer um dia antes do que foi anunciado no ano passado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia responsável pela organização do exame.

Para acessar o resultado, o candidato vai precisar colocar o número do CPF e a senha cadastrada na Página do Participante. Para quem esqueceu da senha, o Inep recomenda tentar recuperá-la antes da divulgação das notas. Isso pode ser feito na própria Página do Participante, informando o CPF e e-mail cadastrado no ato da inscrição.

Com as notas do Enem, os estudantes poderão correr às vagas das universidades federais e institutos tecnológicos em todos os 26 Estados do país e Distrito Federal por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Ao todo estão sendo disponibilizadas este ano 239.601 vagas e desde o dia 12 de dezembro é possível consultá-las, por curso, cidade e instituição de ensino superior, no site do sistema.

As inscrições só serão abertas, no entanto, no dia 29 de janeiro. Os interessados terão até as 23h59 do dia 1º de fevereiro para se inscrever. Só pode se inscrever quem fez Enem e tirou uma nota acima de zero na redação. Os candidatos podem escolher até duas opções de cursos. O resultado do Sisu vai ser publicado no dia 2 de fevereiro e as matrículas entre 5 e 7 do referido mês.

Com a nota, dá até para estudar fora

Além do Sisu, o estudante pode usar a nota do Enem para concorrer a bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior por meio do Prouni (Programa Universidade para Todos) e ao financiamento do Fies (Programa de Financiamento Estudantil).

Dá para estudar até no exterior com ela. Ao todo, 27 universidades portuguesas já aceitam a nota do Enem como critério para ingresso nas instituições.

Na edição do ano passado, 6,73 milhões de estudantes confirmaram as inscrições em todo o país. Mais de 4 milhões de candidatos faltaram ao menos um dia de prova. Um total de 853 candidatos foi eliminado nos dois dias de prova, sendo 273 no primeiro dia e 580 no segundo dia.

Entenda a nota do Enem

A metodologia utilizada para correção do Enem é a TRI (Teoria de Resposta ao Item), modelo estatístico que permite comparar o desempenho em diferentes edições da prova. Na TRI, leva-se em conta para o cálculo da nota não apenas o número de acertos do candidato, mas o nível de dificuldade de cada item.

Na TRI, leva-se em conta a coerência das respostas do participante diante do conjunto das questões que formam a prova. Por isso, o número de acertos não tem correspondência direta com a pontuação final.

Não é possível comparar o número de acertos nas provas de diferentes áreas do conhecimento. Se um aluno acerta a mesma quantidade de itens nas provas de matemática e ciências humanas, por exemplo, não significa que a pontuação obtida será igual. Isso porque o nível de dificuldade de cada prova e dos diferentes itens que a compõe afetam esse cálculo final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos