Topo

Vestibular


MEC abre inscrições para o Sisu; veja 5 dicas para conquistar uma vaga

Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo
Imagem: Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo

Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em São Paulo

2019-01-22T00:22:49

22/01/2019 00h22

Estão abertas, a partir desta terça-feira (22), as inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior para quem fez o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2018. O prazo vai até as 23h59 desta sexta (25). Nesta edição, estão disponíveis mais de 235,4 mil vagas em 129 instituições públicas de ensino superior espalhadas por todo o país. 

CONSULTE AQUI A RELAÇÃO COMPLETA DE VAGAS

Cada candidato pode se inscrever em até duas opções de vaga. O aluno deverá selecionar no sistema qual delas será a sua primeira opção e qual será a segunda opção. 

A principal mudança desta edição do Sisu está nas regras da lista de espera. Agora, alunos que forem selecionados em qualquer uma das suas duas opções de curso não poderão participar da lista. 

Antes, os candidatos que tivessem sido selecionados na segunda opção podiam entrar na lista de espera para tentar uma vaga no curso de primeira opção.

Vale lembrar que podem participar do Sisu candidatos que tenham feito o Enem em 2018 e que não tenham zerado a prova de redação. 

Para potencializar suas chances de conquistar uma vaga pelo Sisu, o UOL consultou as plataformas Quero Bolsa e a Fábrica D e reuniu cinco dicas que podem ser usadas na hora da inscrição:

1. Consulte a nota de corte dos anos anteriores 

Saber qual foi a pontuação mínima dos candidatos que foram selecionados para o mesmo curso que você deseja nos anos anteriores é uma boa forma de saber se tem chances de conquistar a vaga. 

Um modo de fazer essa consulta é através do simulador de notas para o Sisu, lançado este ano pelo MEC. A ferramenta permite que você inclua as notas que tirou no Enem e, com elas, veja as opções possíveis de cursos considerando a sua pontuação.

O simulador faz um comparativo com todas as edições passadas do Enem, desde 2010 até 2018, mostrando a menor nota que ingressou em determinada graduação, por universidade e edição do Sisu.

2. Faça uma lista das instituições do seu interesse

Considerando as notas de corte e o seu desempenho no Enem, faça uma lista dos cursos e das instituições do seu interesse. Você pode adotar critérios como qualidade do curso, proximidade, facilidade de acesso e o que mais considerar importante.

3. Divida a lista em dois grupos

Uma estratégia para usar sua nota do Enem na hora de se inscrever no Sisu é escolher cursos com nota de corte mais próxima ao seu desempenho como segunda opção. 
Dessa forma, se você não for selecionado para o curso de primeira opção, pode ter uma escolha com altas chances de aprovação como "plano B".

Na prática, liste em um primeiro grupo os cursos das instituições que você mais deseja, mas que estejam com uma nota de corte um pouco acima do seu desempenho no Enem. Os cursos dessa lista podem ser colocados como primeira opção ao longo do período de inscrições do Sisu.

No segundo grupo, procure colocar os cursos das instituições cuja nota de corte seja igual ou inferior ao seu desempenho no Enem. Os cursos desse grupo podem ser colocados como segunda opção no sistema do Sisu. 

4. Acompanhe diariamente a nota de corte no sistema do Sisu

A nota de corte é calculada diariamente durante o período de inscrição do Sisu, sendo atualizada geralmente à meia-noite. Acompanhe diariamente a variação das notas e ajuste suas escolhas, procurando seguir a estratégia dos dois grupos: o curso dos sonhos, com chance de ingresso, na primeira opção, e outro curso, com alta probabilidade de aprovação, na segunda opção.

5. Mude as opções quantas vezes quiser

Você pode alterar suas opções quantas vezes quiser até o fechamento das inscrições, às 23h59 do dia 25 de janeiro. O sistema vai considerar a última mudança feita até esse horário --por isso, não tenha medo de alterar suas opções ao longo do período de inscrições do Sisu.

Cronograma do Sisu

  • 22/1 a 25/01 - período de inscrições
  • 28/1 - resultado da chamada regular
  • 28/1 a 4/2 - prazo para participar da lista de espera
  • 30/1 a 4/2 - matrícula da chamada regular
  • 7/02 - início da convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições de ensino

Mais Vestibular