Enem

Enem 2018: Tudo que você precisa saber sobre a prova em 20 perguntas

Vanessa Fajardo - De São Paulo para a BBC News Brasil

  • Getty Images/iStockphoto

Criado em 1998, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tinha 63 questões, era aplicado em apenas um dia e registrava pouco mais de 150 mil inscrições.

Ao longo de sua vida, ele foi reformulado, ganhou importância, acumulou funções e tornou-se o segundo maior exame de acesso ao ensino superior do mundo - só perde para o da China, o "gaokao". Na edição de 2018 do Enem são mais de 5,5 milhões de inscritos.

A BBC traz 20 perguntas e respostas sobre o exame que completa, neste ano, duas décadas. Confira:

1)Por que o Enem ficou tão importante? Afinal, para que serve a prova?

O Enem se tornou o principal acesso ao ensino superior do Brasil. A maioria das universidades públicas abandonou o tradicional vestibular e utiliza as notas do Enem para selecionar alunos, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O Ministério da Educação também aproveita o desempenho dos candidatos no Enem para distribuir as bolsas de estudo nas universidades particulares, por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni), e para preencher as vagas do Financiamento Estudantil (Fies).

2)Quando vai ser a prova? Por que ela é aplicada em dois domingos?

Nos dias 4 e 11 de novembro, pelo segundo ano consecutivo ela será aplicada em dois domingos. Até então, as provas aconteciam em um fim de semana seguido, no sábado e no domingo.

A mudança ocorreu após uma consulta pública feita pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) no início do ano passado. Mais de 600 mil pessoas responderam às perguntas do governo federal, e 42% optaram por mudar a prova para dois domingos.

3)Como faço para saber qual será meu local de prova?

É preciso acessar o cartão de confirmação de inscrição na Página do Participante (https://enem.inep.gov.br/participante), com CPF e senha.

O cartão contém informações como número de inscrição, endereço do local onde o aluno fará as provas, número da sala e outros detalhes como a língua estrangeira escolhida pelo candidato - inglês ou espanhol.

Antigamente, o MEC enviava estes cartões pelos Correios, mas, para economizar, optou somente pela versão digital.

4)É possível mudar meu local de provas?

Não. O Inep já definiu toda a logística para aplicação do exame a partir dos endereços distribuídos.

5)Posso comparecer somente em um dos dias?

O edital não proíbe que um candidato faça apenas um dos dias de provas. Entretanto, este aluno dificilmente vai atingir pontuação necessária para conseguir vaga na faculdade ou ser beneficiado pelos programas de acesso do governo federal.

6)O que cai em cada um dos dias de provas?

No primeiro dia são as provas de linguagens, ciências humanas e redação. São cinco horas e trinta minutos de duração. No segundo dia é a vez de ciências da natureza, que compreende as disciplinas de química, física e biologia, além de matemática. São cinco horas de duração.

7)São quantas questões?

Cada prova objetiva tem 45 questões. São, portanto, 180 questões de múltipla escolha no total. A redação deve ter o mínimo sete e no máximo 30 linhas.

8)Como é a redação, o que é cobrado? É possível ter uma ideia sobre o tema que cai?

A redação é um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, segundo a Cartilha do Participante do Enem 2018. São cobradas cinco competências, que recebem pontuação de 0 a 200.

São elas: domínio da norma da modalidade escrita formal; compreensão da proposta de redação; organização, interpretação de fatos e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstração de conhecimentos dos mecanismos linguísticos; e elaboração de proposta de intervenção.

Os temas são sempre sobre assuntos de "ordem social, científica, cultural ou política", de acordo com a cartilha. No ano passado, os candidatos tiveram de escrever sobre os "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil". Em 2016, o tema foi "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil", e no ano anterior, "A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira".

9)Qual o horário de aplicação das provas?

As provas começam sempre às 13h30, pelo horário de Brasília. Porém, é preciso ficar atento, porque exatamente no dia da primeira prova, em 4 de novembro, entra em vigor o horário de verão. Dez Estados, além do Distrito Federal, deverão adiantar o relógio em uma hora.

10)É possível deixar a sala de prova a qualquer momento?

Não. Nenhum candidato poderá deixar o local de prova antes das duas primeiras horas, segundo o Inep.

Caso seja um dos três últimos participantes presentes na sala de provas, só poderá sair juntamente com os outros dois candidatos, depois de assinar a ata de sala.

11)Posso usar o banheiro durante a prova?

Sim. A partir das 13h, quando os portões forem fechados, os candidatos que quiserem ir ao banheiro serão acompanhados por fiscais.

12)O que eu preciso levar para o dia para prova?

É necessário levar caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente e documento oficial de identificação original com foto.

Para não ter problemas, leve mais de uma caneta. Também é recomendado levar água e pequenos lanches, como barras de cereais.

13)O que eu não posso levar?

Nenhum dispositivo eletrônico como relógio, alarme, calculadora, além de itens como borracha, caneta de material não transparente, fones de ouvido, lápis, lapiseira, livros ou manuais.

Também não é permitida a entrada de candidatos com óculos escuros, boné, chapéu, viseira, gorro ou qualquer acessório que cubra os cabelos ou as orelhas.

14)Mas, então, não posso levar o celular no dia da prova?

Pode, mas antes de entrar na sala ele deverá ser desligado para ser guardado dentro de um envelope porta-objetos que será fornecido pelos fiscais.

A mesma regra serve para outros equipamentos eletrônicos. De acordo como Inep, o envelope porta-objetos deverá ser lacrado e identificado pelo participante antes de ingressar na sala de provas e ser mantido até a saída definitiva do local, embaixo da carteira durante a realização das provas.

15)Possuo alguma deficiência ou sou lactante, tenho direito a algum atendimento especial?

Pessoas com algum tipo de deficiência, idosos, gestantes e lactantes têm direito a atendimento especial.

Entretanto, esta solicitação deveria ser feita durante o período de inscrição. Agora não há mais tempo hábil para este tipo de pedido.

Segundo o Inep, os candidatos que solicitaram algum atendimento especial e tiveram seus pedidos negados foram informados por email ou via SMS.

16)Com o Enem eu consigo a certificação do Ensino Médio?

Não mais. Desde o ano passado, o Enem perdeu essa função, e a certificação do Ensino Médio voltou a ser feita por um exame específico chamado Encceja.

17)É possível usar o Enem para estudar no exterior?

Sim, 35 instituições de ensino superior de Portugal já utilizam o Enem em seus processos seletivos para receber brasileiros. Mas há outras universidades na França, Irlanda, Reino Unido e Canadá.

18)Quando saem os gabaritos? E os resultados?

Os gabaritos serão divulgados até o dia 14 de novembro, segundo o Inep. Já os resultados, só em janeiro de 2019. Logo depois das provas, cursinhos pré-vestibulares costumam fazer correções extraoficiais.

Por meio delas, o candidato pode ter uma ideia de como foi na prova - mas só vale para tentar conter a ansiedade, porque este resultado não é oficial.

19)Se eu acertei muitas questões terei uma boa nota?

Nem sempre. Para calcular as notas, o Enem utiliza uma metodologia chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não leva em conta somente o número de acertos, e sim o nível de dificuldade de cada questão correta. Por isso, candidatos que tiveram o mesmo número de acertos podem ter notas diferentes.

20)Ainda dá tempo de me preparar?

O Enem cobra o conhecimento adquirido durante os três anos do ensino médio. Agora, o que ainda dá para fazer é resolver os exercícios das provas anteriores disponíveis em http://portal.inep.gov.br/provas-e-gabaritos, além de ler sobre atualidades e escrever redações como treino.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos