Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/2012/05/25/como-e-a-vida-de-um-estudante-padrao-do-ensino-superior-do-brasil.htm
  • totalImagens: 24
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120525190800
Fotos
Carolina Cabrelli, 21, é estudante de nutrição na Uninove, em São Paulo. Ela é o "modelo" do aluno brasileiro de ensino superior: mulher, estuda em instituição privada e está fazendo bacharelado no turno noturno. Em um dia normal, Carolina acorda às 6h e sai de casa por volta das 7h Leonardo Soares/UOL Mais
Carolina mora na zona oeste de São Paulo e usa ônibus e trem em seu trajeto diário até a fábrica onde trabalha, no bairro do Jaguaré Leonardo Soares/UOL Mais
Ela diz levar uma hora no trajeto. No dia em que foi acompanhada pela reportagem do UOL, uma sexta-feira, Carolina precisou esperar dez minutos pelo ônibus Leonardo Soares/UOL Mais
"Gostava da área de saúde. Conheci algumas pessoas da área e me identifiquei", conta Carolina, questionada sobre como escolheu seu curso Leonardo Soares/UOL Mais
Por volta das 8h, ela chega ao trabalho. Carolina trabalha em uma fábrica de salgados na zona oeste de São Paulo Leonardo Soares/UOL Mais
O trabalho começa logo que ela chega: é preciso usar as roupas certas e seguir as regulações de higiene Leonardo Soares/UOL Mais
Uma das primeiras atividades de Carolina é medir a temperatura das câmaras frias que estocam os alimentos Leonardo Soares/UOL Mais
A estudante também é responsável por controlar a qualidade dos alimentos que a fábrica produz Leonardo Soares/UOL Mais
Além disso, ela também tem que conferir se a produção segue os padrões de higiene, além de controlar o fluxo da produção Leonardo Soares/UOL Mais
Carolina também recebe os produtos que empresas enviam para a fábrica onde ela trabalha Leonardo Soares/UOL Mais
Junto com outros funcionários da fábrica, Carolina almoça por volta das 13h. O dia dela não chegou nem à metade ainda Leonardo Soares/UOL Mais
Na foto, a estudante se reúne com um representante de uma empresa terceirizada para, segundo ela, fazer "controle de custos" Leonardo Soares/UOL Mais
Ao final de mais um dia de trabalho, Carolina precisa medir novamente a temperatura das câmaras frias Leonardo Soares/UOL Mais
Depois do trabalho, Carolina vai para a segunda "parte" de seu dia: o curso de nutrição, em uma faculdade particular Leonardo Soares/UOL Mais
"Não sei ainda se fiz a escolha certa. Gosto muito do que faço, mas não sei se foi a escolha certa", afirma Carolina sobre o curso Leonardo Soares/UOL Mais
Pela segunda vez no dia, Carolina precisa encarar o ônibus. Desta vez, para chegar à faculdade Leonardo Soares/UOL Mais
Depois de pegar o ônibus, é a vez de atravessar a passarela sobre os trilhos do trem, próxima à estação Presidente Altino, na zona oeste de São Paulo Leonardo Soares/UOL Mais
No caminho para a faculdade, Carolina ainda precisa pegar o trem no horário de pico -frequentemente, lotado Leonardo Soares/UOL Mais
Por volta das 19h, Carolina chega à faculdade Leonardo Soares/UOL Mais
Ela diz se arrepender de não ter prestado vestibular para a USP (Universidade de São Paulo). ?Não estudei pra isso e acho que deveria ter me dedicado mais para tentar uma faculdade pública" Leonardo Soares/UOL Mais
A aula de Carolina termina por volta das 22h30. Agora, é hora de voltar para casa Leonardo Soares/UOL Mais
Segundo ela, em sua turma, o perfil padrão se repete: só há meninas. "A maioria também acorda supercedo, vai trabalhar e dorme supertarde", conta Leonardo Soares/UOL Mais
Para chegar em casa, também na zona oeste de São Paulo, Carolina precisa enfrentar mais um ônibus Leonardo Soares/UOL Mais
A estudante chega em casa por volta das 23h, mas só vai dormir perto de 1h, após terminar as tarefas da faculdade Leonardo Soares/UOL Mais

Como é a vida de um estudante "padrão" do ensino superior do Brasil?

Últimos álbuns de Educação



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos