Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/2012/06/14/conheca-mais-sobre-o-acre-que-virou-estado-ha-50-anos.htm
  • totalImagens: 49
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120614223021
    • Acre [5092];
    • História [52603]; Educação [16614];
Fotos

A bandeira atual do Acre é recente, de 1995, e adotou o desenho da Bandeira do Estado Independente do Acre, antes de a região se tornar território federal. A parte superior esquerda é amarela com uma estrela vermelha no canto, a parte inferior direita é verde. A estrela vermelha no canto superior esquerdo, chamada de "estrela solitária", representa o sangue de quem lutou pela anexação da área do atual Estado. Reprodução/Wikimedia Commons Mais

Em 15 de junho de 1962, o presidente da República João Goulart sancionou a Lei 4.070, que elevou o Acre de território federal à categoria de Estado. Patrimônio Histórico Mais

Extração de látex foi o principal negócio da região na primeira metade do século 20, quando aconteceram os dois ciclos da borracha (entre 1879 a 1912 e, depois, entre 1942 e 1945 durante a 2ª Guerra Mundial) Arquivo/Secom Mais

Seringueira, árvore cuja seiva é o látex, a matéria-prima da borracha. A extração de látex foi o principal negócio da região na primeira metade do século 20, quando aconteceram os dois ciclos da borracha (entre 1879 a 1912 e, depois, entre 1942 e 1945 durante a 2ª Guerra Mundial) Arquivo/Secom Mais

Museu da Borracha, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

A doutrina cristã Santo Daime surgiu no Acre nas primeiras décadas do século 20, com o neto de escravos Raimundo Irineu Serra. Arquivo/Secom Mais

No Acre, existem 16 etnias indígenas: Ashaninka, Jaminawa Arara, Katukina, Poyanawa, Madija, Manchineri, Apolima Arara, Jaminawa, Kaxinawá, Nawa, Nukini, Yawanawá, Apolima, Kaxarari, Shanenawa e Arara Sergio Vale/Secom Mais

No Acre, existem 16 etnias indígenas: Ashaninka, Jaminawa Arara, Katukina, Poyanawa, Madija, Manchineri, Apolima Arara, Jaminawa, Kaxinawá, Nawa, Nukini, Yawanawá, Apolima, Kaxarari, Shanenawa e Arara Sergio Vale/Secom Mais

Praça da Revolução, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Acre Arquivo/Secom Mais

Castanha do Brasil, também conhecida como castanha do Pará Arquivo/Secom Mais

Estádio Arena da Floresta, em Rio Branco (AC) Geilson Miranda/Secom Mais

Índios Kaxinawá Sergio Vale/Secom Mais

Rio Croá, em Cruzeiro do Sul (AC) Geilson Miranda/Secom Mais

BR-164 Sergio Vale/Secom Mais

Antigo aeroporto da cidade de Rio Branco Patrimônio Histórico Mais

Antigo aeroporto da cidade de Rio Branco Patrimônio Histórico Mais

Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul. Sergio Vale/Secom Mais

Aeroporto Internacional Plácido de Castro Arquivo/Secom Mais

Procissão de São Sebastião, em Xapuri (AC) Geilson Miranda/Secom Mais

Rio Croá, em Cruzeiro do Sul (AC) Geilson Miranda/Secom Mais

Vista aérea da cidade de Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Vista aérea da quarta ponte sobre o rio Acre, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Vista aérea da terceira ponte sobre o rio Acre, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Vista aérea do parque da maternidade, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Vista aérea parcial da cidade de Rio Branco (AC) Geilson Miranda/Secom Mais

Vista aérea parcial da cidade de Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Vista noturna do casário às margens do rio Acre, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Avenida Antonio da Rocha Viana, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Avenida Ceará, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Avenida Ceará, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Brasileia Patrimônio Histórico Mais

Casa Povos da Floresta, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Casa Povos da Floresta, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Casário na gameleira, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Catedral Nossa Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul (AC) J.Diaz/Secom Mais

estátua de Chico Mendes na praça Povos da Floresta, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Igreja de São Sebastião, em Xapuri (AC) Geilson Miranda/Secom Mais

Iluminação noturna do Palácio Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Índios isolados na fronteira com o Peru. No Acre, existem 16 etnias indígenas: Ashaninka, Jaminawa Arara, Katukina, Poyanawa, Madija, Manchineri, Apolima Arara, Jaminawa, Kaxinawá, Nawa, Nukini, Yawanawá, Apolima, Kaxarari, Shanenawa e Arara Geilson Miranda/Secom Mais

Ponte da Integração Brasil-Bolívia, em Brasileia (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Passarela governador Joaquim Falcão Macedo durante a noite, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Mercado velho, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Mercado velho, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Parque da maternidade iluminado para o Natal, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Parque Nacional do Divisor, localizado nos municípios de Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul, no Acre Sergio Vale/Secom Mais

Parque Nacional do Divisor, localizado nos municípios de Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul, no Acre Sergio Vale/Secom Mais

Parque Tucumã, em Rio Branco (AC) Sergio Vale/Secom Mais

Ponte da Integração Brasil-Peru, em Assis Brasil (AC) Arquivo/Secom Mais

Conheça mais sobre o Acre, que virou Estado há 50 anos

Mais álbuns de UOL Educação x

UOL Cursos Online

Todos os cursos