Garoto que sofria bullying por causa da música Florentina, do Tiririca, poderá mudar nome

Do UOL, em São Paulo

Insatisfeito com as brincadeiras e chacotas dos colegas de escola, um garoto de 17 anos conseguiu na Justiça o direito de retirar a palavra ‘Florentino’ de seu nome. O garoto sofria bullying porque os outros alunos a associavam à música Florentina, interpretada pelo humorista Tiririca. O caso ocorreu em São José dos Campos, interior paulista.

O bullying foi constatado pela psicóloga da escola em que o garoto estuda. Frequentemente, ele era chamado de Florentina pelos colegas que, para irritá-lo, cantavam o trecho “Florentina, Florentina. Florentina de Jesus. Não sei se tu me amas, para que tu me seduz?”.

Em sua decisão, o desembargador João Pazine Neto, do TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo), disse que “é fato notório e público que o nome ‘Florentino’ faz parte do repertório de uma música do humorista ‘Tiririca’, música esta de caráter cômico, destinada à zombaria e gracejo que em nada dignifica o sobrenome mencionado.”

Ainda segundo Pazine Neto, “referido humorista [Tiririca] está mais popular do que nunca, pois como também é público e notório, candidatou-se ao cargo de deputado federal fazendo uma campanha também à moda de zombaria e foi o mais votado dos parlamentares. Ora, evidente, que tudo isso só faz aumentar o gracejo cruel dos jovens em época”.Para o desembargador, o fato de o garoto estar na adolescência e em fase escolar agrava o quadro, pois “a zombaria pode causar graves danos à sua personalidade, devendo, portanto, ser reprimido qualquer fato que possa potencializar a zombaria da escola a lhe causar constrangimentos”.

Autora de ''Harry Potter'' também sofreu bullying na escola por causa do nome; veja outras histórias
Veja Álbum de fotos

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos