Informações sobre o álbums
  • editoria:Fotos
  • galeria: Estudantes com deficiência participam das Paraolimpíadas Escolares
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/110829_paraolimpiadas_escolares_album.htm
  • totalImagens: 55
  • fotoInicial: 3
  • imagePath: http://ed.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120126090809
    • Educação especial [50783];
Fotos
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo.O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo Fernando Pilatos/UOL Mais
O técnico Marcos Rojo (centro) acredita que a nova geração de estudantes atletas tem tudo para brilhar nas Paraolimpíadas de 2016 Fernando Pilatos/UOL Mais
Andrey Pereira, 14, e Lucas Lamente, 13, são alguns dos destaques das Paraolimpíadas Escolares Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Jose Welton Pereira, 13, veio do Rio Grande do Norte e nadou os 100 m livre Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Gustavo da Silva Tavares, estudante do Jaraguá, em São Paulo Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Gustavo da Silva Tavares, estudante do Jaraguá, em São Paulo Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Morador de uma ilha no Pará e filho de uma barqueira, João Paulo de Moraes Silva, 13, aprendeu a nadar por instinto. ''A mãe dele diz que ele aprendeu a nadar com três anos, quando uma irmã o jogou de cima da ponte para dentro do rio'', contou o treinador José Luiz Moura Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Francisca Thayane Oliveira da Silva participa da prova de lançamento de pelota Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Viviane Vilhena Rodrigues participa da prova de lançamento de pelota Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Ana Rafaele Barbosa participa da prova de lançamento de pelota Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Joice Acioli Gregorio participa da prova de lançamento de pelota Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Giovani Zenere participa da prova de salto em distância Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Gilsinei Pesamosca da Rocha participa da prova de salto em distância Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Marcos Teixeira de Oliveira participa da prova de salto em distância Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Giovani Zenere participa da prova de salto em distância Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Jessica Manoela Rodrigues participa da prova de 400 m livre Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Jessica Manoela Rodrigues participa da prova de 400 m livre Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, jogo de futebol de cinco entre São Paulo (de vermelho) e Minas Gerais (de preto). Nessa modalidade, a bola possui guizos e os jogadores orientam-se pelo som. Não existe lateral, pois há uma banda de proteção dos dois lados da quadra Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, jogo de futebol de cinco entre São Paulo (de vermelho) e Minas Gerais (de preto). Nessa modalidade, a bola possui guizos e os jogadores orientam-se pelo som. Não existe lateral, pois há uma banda de proteção dos dois lados da quadra Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, jogo de futebol de cinco entre São Paulo (de vermelho) e Minas Gerais (de preto). Nessa modalidade, a bola possui guizos e os jogadores orientam-se pelo som. Não existe lateral, pois há uma banda de proteção dos dois lados da quadra Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, jogo de futebol de cinco entre São Paulo (de vermelho) e Minas Gerais (de preto). Nessa modalidade, a bola possui guizos e os jogadores orientam-se pelo som. Não existe lateral, pois há uma banda de proteção dos dois lados da quadra Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, jogo de futebol de cinco entre São Paulo (de vermelho) e Minas Gerais (de preto). Nessa modalidade, a bola possui guizos e os jogadores orientam-se pelo som. Não existe lateral, pois há uma banda de proteção dos dois lados da quadra Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, jogo de futebol de cinco entre São Paulo (de vermelho) e Minas Gerais (de preto). Nessa modalidade, a bola possui guizos e os jogadores orientam-se pelo som. Não existe lateral, pois há uma banda de proteção dos dois lados da quadra Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, partida ''Goalball'' entre os times do Distrito Federal (de amarelo) e de São Paulo (de azul). Cada equipe é composta por três jogadores. Eles devem arremessar a bola com as mãos até a baliza adversária. A bola possui furos e guizos em seu interior e os jogadores vedam os olhos para evitar que aqueles com maior percepção luminosa tenham vantagem Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. Na foto, Luiza Guterres Oliano, 14, e o treinador Cid Rodrigues Júnior. A garota é a única representante do Rio Grande do Sul no judô Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais
Estudantes de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal participam das Paraolimpíadas Escolares, em São Paulo. O evento reuniu mais de mil competidores, em dez modalidades: atletismo (para jovens com deficiência física, intelectual e/ou visual), natação (também disponível para as três deficiências), futebol de cinco (para deficientes visuais), futebol de sete (para deficientes físicos), goalball (para estudante com deficiência visual), tênis de mesa (para deficientes intelectual e/ou físico), bocha (para deficiente físico), judô (para deficiente visual), tênis em cadeira de rodas (voltado a deficiente físico) e voleibol sentado (para deficiente físico) Fernando Pilatos/UOL Mais

Estudantes com deficiência participam das Paraolimpíadas Escolares

Mais álbuns de UOL Educação x

Veja mais:

Últimos álbuns de Educação

UOL Cursos Online

Todos os cursos