Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/2013/05/24/confira-nove-brincadeiras-que-melhoram-a-capacidade-de-leitura.htm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 2
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130524145032
    • Educação infantil [29427]; Alfabetização [50545];
Fotos

Especialistas afirmam que o estímulo de brincadeiras com palavras, textos e histórias contribui com a capacidade de leitura das crianças a partir dos três anos de idade. Os enredos inventados e as brincadeiras dão liberdade ao pensamento infantil e motivam seus processos criativos, possibilitando o aprendizado efetivo da leitura e da escrita. Confira nove atividades, retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza iStockphoto Mais

Letras iguais - Apresente para a criança objetos que tenham letras soltas, podem ser letras de plástico ou até sopa de letrinhas. Peça que ela agrupe as letras iguais. Esse processo é importante durante a aquisição da escrita, pois permite que as crianças tomem conhecimento e compreendam as palavras que podem ser formadas. A inclusão de exercícios com letras na educação de crianças melhora o desenvolvimento na alfabetização, afirmam especialistas. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza Rogerio Canella/Folhapress Mais

Escrita com o corpo - Procure um lugar com espaço amplo e espalhe diversas letras escritas com giz no chão. Disponibilize também letras soltas (de plástico, borracha etc.). Após o primeiro contato das crianças com o ambiente, peça para que elas formem as letras que elas veem com o próprio corpo. Com essa atividade, a criança participa ativamente da experiência criativa. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza iStockphoto Mais

Fotógrafo e modelos - Reúna dois grupos de crianças. Um grupo será o de fotógrafos e outro será o de modelos. Peça para um grupo arrumar o modelo de modo a representar uma letra do alfabeto. Caso o grupo possua uma máquina fotográfica, registre o exercício. Se não for o caso, simule o momento da fotografia. Ao final, os grupos trocam de função. A ideia nesse caso é estimular a interação das crianças e a criatividade infantil. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza iStockphoto Mais

Leitura e imaginação - Conte a história de um livro de sua preferência para as crianças e em seguida peça para elas reinventarem o seu final. Registre as ideias e ao final peça para elas dramatizarem a cena. As histórias inventadas e as brincadeiras de enredo dão liberdade ao pensamento infantil e possibilitam o aprendizado efetivo da leitura e da escrita. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza Luiza Sigulem/Folhapress Mais

Balões e palavras - Cole as letras do alfabeto em balões e distribua para as crianças. Cada uma deve segurar um balão com a respectiva letra. Coloque uma música e ao pausar a canção as crianças devem se juntar - em dupla ou trio - para formar palavras com os balões. O objetivo com a atividade é integrar as crianças e fazer com que elas tomem conhecimento das letras e palavras que podem ser formadas. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza Rafael Hupsel/Folhapress Mais

Carta a um personagem - Após a leitura de um livro ou uma história, peça às crianças que escolham seus personagens favoritos e escrevam uma mensagem para eles ou façam desenhos para eles. Ao final, leia as cartas para todos ou descreva os desenhos para a turma. A prática estimula o aprendizado efetivo conforme as mensagens criadas. Além disso, a criança aprende a ouvir e a compreender o outro. A leitura de diferentes tipos de textos, como cartas, apresenta a diversidade de registros possíveis para a escrita. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza Marcelo Justo/Folhapress Mais

Criação de uma história - Separe as crianças em dois grupos. Peça para os dois criarem uma história cada. Avalie a interação das crianças, observe como elas negociam e oriente, caso seja necessário. Ao final, peça a cada grupo que conte a história para os demais participantes. Com a atividade as crianças estimulam sua criatividade sobre o universo que as circunda. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza iStockphoto Mais

Desenho livre - Peça para cada criança fazer um desenho livre. Ao final, peça para que cada criança explique para os demais o que eles desenharam e o porquê daquelas escolhas. Faça uma pequena exposição para que todos vejam os desenhos das outras crianças. Em uma atividade interativa, a criança aprende a ouvir, a compreender o outro e a dizer o que sente e pensa. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza Thinkstock Mais

Percebendo significados - Mostre para as crianças fotografias. Pergunte para elas o que acham das figuras escolhidas. Perceba como elas julgam as imagens apresentadas (feio, belo, forte etc) e como elas interpretam essas figuras. A ideia é que a criança perceba as diferenças entre as figuras fotográficas. Outro exemplo é pedir para elas identificarem qual foto demonstra a realidade, qual parece ficção. As atividades foram retiradas e adaptadas do livro "Corpo, atividades criadoras e letramento", da editora Summus Editorial, escrito por Marina Teixeira Mendes de Souza Costa, Daniele Nunes Henrique Silva e Flavia Faissal de Souza Fabio Braga/Folhapress Mais

Confira nove brincadeiras que melhoram a capacidade de leitura

Mais álbuns de UOL Educação x

Últimos álbuns de Educação

UOL Cursos Online

Todos os cursos