Informações sobre o álbums
  • editoria:Fotos
  • galeria: Exposição mostra a realidade das escolas da América Latina
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/escolas_america_latina_album.htm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 2
  • imagePath: http://ed.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120126091308
Fotos
Em uma escola do Equador, crianças refugiadas colombianas tomam o lanche da escola com crianças equatorianas B. Heger/Agência da ONU para Refugiados (UNHCR) Mais
Um professor indígena da etnia Pataxó, da Aldeia Jaqueira, em Porto Seguro (BA), ensina a seus estudantes a língua nativa Patxôhã. De acordo com o Ministério da Educação (2005), cerca de 90% dos/as 8.431 professores/as em escolas indígenas são indígenas, a maioria, homens. Em 78,26% dessas escolas, alguma forma de ensino na língua ou ensino bilíngue é praticada; em 21,74%, a língua indígena não faz parte da realidade escolar Fernando Martinho/Paralaxis Mais
Essa menina vive numa comunidade isolada, a duas horas de barco da cidade de Belém, capital do Estado do Pará. Ela mostra a foto de uma das escolas comunitárias que atendem as crianças ribeirinhas na região. Para as populações ribeirinhas da Amazônia, assim como em diversos países da América Latina e Caribe, as longas distâncias e o isolamento dificultam o acesso a serviços públicos de qualidade Gilvan Barreto Mais
Dogna Hernandez, 46 anos, ensina um grupo de mulheres agricultoras a aplicar fertilizantes orgânicos. Ela vive em Macala, uma região empobrecida de Honduras, que produz café para exportação Gilvan Barreto Mais
O ônibus da foto percorre entre 30 km e 35 km em estradas de barro para levar estudantes de Conceição das Crioulas (PE) à escola. O quilombo de Conceição das Crioulas fica próximo à cidade Salgueiro, em pleno sertão pernambucano, região afetada por altos índices de violência. Em toda América Latina e Caribe, as distâncias e a não-gratuidade do transporte são, muitas vezes, fatores que impedem a realização do direito à educação Gilvan Barreto Mais
Crianças do Quilombo da Lapinha (MG) assistem à aula numa escola municipal. A comunidade conseguiu o apoio da prefeitura na contratação de professores quilombolas. Expulsas em 1970 por fazendeiros locais, somente em 2005 as 110 famílias da comunidade voltaram para suas terras de origem João Zinclar Mais
A estudante da foto tem deficiência visual. A escola Novo Ângulo Novo Esquema, atende pessoas com dificuldades de aprendizagem desde sua fundação, com uma proposta pedagógica inclusiva. Lá, não se separam estudantes com deficiência de estudantes sem deficiência Maíra Soares/Clade Mais
Garota assiste a aula no México. Segundo a Direção Geral de Educação Indígena do México, a realidade das escolas primárias indígenas, que atendem cerca de 800 mil crianças, é dramática: 56,4% dos professores não têm diploma nem concluíram os estudos. A infraestrutura é inadequada e as taxas de reprovação e abandono são o dobro da média nacional Néstor López Mais
Estudo indica que o maior número de pessoas não alfabetizadas do Brasil está na cidade de São Paulo, seguida do Rio de Janeiro. Na América Latina e Caribe, de cada cem latino-americanos jovens e adultos, dez não são alfabetizados Fernando Martinho/Paralaxis Mais
Uma senhora exibe seu caderno de alfabetização, nas aulas da educação de adultos em Campo Limpo, zona sul da capital paulista Toni Pires Mais

Exposição mostra a realidade das escolas da América Latina

Mais álbuns de UOL Educação x

Veja mais:

Últimos álbuns de Educação

UOL Cursos Online

Todos os cursos