Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/mobile/2014/12/02/na-contramao-do-ensino-superior-zumbi-dos-palmares-tem-80-dos-estudantes-negros.htm
  • totalImagens: 13
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20141202160521
    • São Paulo [5110];
    • Ensino superior [9155]; Cotas em Universidades [29317]; Negros [64117];
Fotos

Criada há 11 anos, a Faculdade Zumbi dos Palmares tenta diminuir a desigualdade entre negros e brancos no ensino superior. Hoje com 1.500 estudantes, 80% deles são autodeclarados afrodescendentes. No Brasil, apenas 13,3% dos alunos do ensino superior são negros, segundo dados do Censo da Educação Superior 2012 Junior Lago/UOL Mais

Criada há 11 anos, a Faculdade Zumbi dos Palmares tenta diminuir a desigualdade entre negros e brancos no ensino superior. Hoje com 1.500 estudantes, 80% deles são autodeclarados afrodescendentes. No Brasil, apenas 13,3% dos alunos do ensino superior são negros, segundo dados do Censo da Educação Superior 2012 Junior Lago/UOL Mais

Criada há 11 anos, a Faculdade Zumbi dos Palmares tenta diminuir a desigualdade entre negros e brancos no ensino superior. Hoje com 1.500 estudantes, 80% deles são autodeclarados afrodescendentes. No Brasil, apenas 13,3% dos alunos do ensino superior são negros, segundo dados do Censo da Educação Superior 2012 Junior Lago/UOL Mais

Criada há 11 anos, a Faculdade Zumbi dos Palmares tenta diminuir a desigualdade entre negros e brancos no ensino superior. Hoje com 1.500 estudantes, 80% deles são autodeclarados afrodescendentes. No Brasil, apenas 13,3% dos alunos do ensino superior são negros, segundo dados do Censo da Educação Superior 2012 Junior Lago/UOL Mais

"As cotas são uma ilusão do fim do problema porque o problema no fundo não são as cotas, e sim a igualização", analisa José Vicente, reitor da Zumbi. "As cotas cumprem um objetivo importante, que é mudar o paradigma e criar caminhos alternativos, mas em longo prazo não respondem às necessidades nem dos negros nem do Brasil em relação à igualdade" Junior Lago/UOL Mais

"Trabalhamos pela diversidade, não só pela inclusão do afrodescendente. Por isso, temos alunos brancos, negros, japoneses e índios", diz Francisca Rodrigues, pró-reitora da Faculdade Zumbi dos Palmares Junior Lago/UOL Mais

Suzana Nayla tem 21 anos está no primeiro semestre do curso de direito da Faculdade Zumbi dos Palmares Junior Lago/UOL Mais

"Entrei pelo o que a faculdade propunha e pelo valor da mensalidade ser mais acessível. Hoje vejo que ela visa o lucro como qualquer outra", opina Luana Costa, de 32 anos, estudante do último semestre de direito Junior Lago/UOL Mais

A estudante Débora Araújo, 27, está no décimo semestre do curso de direito Junior Lago/UOL Mais

"A proposta de inclusão social através da educação me chamou a atenção. Mas mesmo sendo uma faculdade de inclusão, parece que existe uma exclusão interna", afirma Rosangela Santana, 32, se referindo à dificuldade no processo de bolsas Junior Lago/UOL Mais

Gabriel de Oliveira tem 21 anos e está no oitavo semestre de direito Junior Lago/UOL Mais

"As pessoas reclamam porque elas querem que a faculdade passe a mão na cabeça. E ela não vai passar só porque você é negro, pobre ou mora num lugar que é muito distante", acredita Luma Fernanda, 23, estudante do 8º semestre de direito Junior Lago/UOL Mais

O taxista Claudinei Ferreira, de 40 anos, se diz orgulhoso de estudar na Zumbi dos Palmares. "Ela é única porque é voltada para a inclusão. É muito bacana estudar por aqui", diz. "A infraestrutura é boa, mas tem muito que melhorar", ressalva Junior Lago/UOL Mais

Conheça a Universidade Zumbi dos Palmares, que tem 80% dos estudantes negros

Mais álbuns de UOL Educação x

Últimos álbuns de Educação

UOL Cursos Online

Todos os cursos