Topo

Educação

Pesquisa escolar


25 de agosto - Dia do soldado coincide com data de nascimento do duque de Caxias

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Você conhece esta música? "Nós somos da Pátria a guarda,/ Fiéis soldados,/ Por ela amados./ Nas cores de nossa farda/ Rebrilha a glória,/ Fulge a vitória."

Ela se chama "Canção do Exército" e foi composta por Alberto Augusto Martins e por T. de Magalhães para homenagear o exército brasileiro. Soldado é aquele que defende a Pátria e todos os seus cidadãos. Mas para ser soldado não basta usar uma farda verde-oliva com metais dourados.

É preciso ter muitas qualidades para ser um soldado de verdade. É preciso coragem, disciplina, dedicação, grandeza de caráter. Luís Alves de Lima e Silva - o duque de Caxias - tinha isto de sobra. Ele comandou o exército brasileiro. Lutou para consolidar a nossa independência. Conteve revoltas em várias regiões do Brasil e defendeu a Pátria na Guerra do Paraguai.

O dia em que o duque de Caxias de nasceu - 25 de agosto de 1803 - tornou-se o Dia do Soldado. Ele é o Patrono do Exército Brasileiro. Caxias era valente, justo, corajoso e preferia vencer pelo diálogo. Por isso foi chamado de o Pacificador. Quando obtinha a vitória numa batalha, era generoso com os vencidos.

Mas não são só os homens que são bons soldados. A primeira mulher-soldado do nosso exército também era muito valente. Seu nome é Maria Quitéria e ela lutou na Bahia, onde os portugueses se recusavam a aceitar a independência do Brasil. Maria Quitéria usou um uniforme de homem como disfarce para lutar pela independência do Brasil. Ganhou até uma medalha de ouro de D. Pedro 1º., pela sua coragem.

Hoje em dia, na verdade, em vários países do mundo, entrar para as forças armadas não é mais um privilégio masculino. Há mulheres nos vários exércitos, nas marinhas e nas forças aéreas.

Mais Pesquisa escolar