Topo

Quase 970 mil crianças e adolescentes entre 6 e 14 anos estavam fora da escola em 2010, mostra Censo

Do UOL, em São Paulo

27/04/2012 10h00

Em 2010, cerca de 966 mil crianças e adolescentes de 6 a 14 anos de idade ainda não frequentavam a escola no Brasil. O número corresponde a 3,3% da população nessa faixa etária. Os dados fazem parte dos Resultados Gerais da Amostra Censo 2010 e foram publicados nesta sexta-feira (27) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A região Norte apresenta a maior porcentagem de crianças e adolescentes fora da escola, são 6,1%. Em seguida aparece o Nordeste, com 3,3%, e o Centro-Oeste, com 3,2%. A quantidade de pessoas nessa faixa etária fora das salas de aula nas regiões Sudeste e Sul representa menos da metade dos números verificados no Norte, sendo 2,8% e 2,5% respectivamente.

Com relação à análise por Unidades da Federação, Acre, Roraima e Amazonas tinham 8% das crianças e adolescentes de 6 a 14 sem frequentar a escola. Os menores índices foram verificados em Santa Catarina (2,2%).

Percentual de pessoas que não frequentavam escola, na população de 6 a 14 anos de idade, segundo as Unidades da Federação - 2010

Estado% de pessoas de 6 a 14 anos que não frequentavam a escola em 2010
NORTE 
Rondônia4,1
Acre8,2
Amazonas8,8
Roraima8,3
Pará5,5
Amapá4,7
Tocantins3
NORDESTE 
Maranhão3,8
Piauí2,4
Ceará3,1
Rio Grande do Norte2,8
Paraíba2,9
Pernambuco3,6
Alagoas4,8
Sergipe2,8
Bahia3,1
SUDESTE 
Minas Gerais2,5
Espírito Santo3
Rio de Janeiro3
São Paulo2,9
SUL 
Paraná2,5
Santa Catarina2,2
Rio Grande do Sul2,8
CENTRO-OESTE 
Mato Grosso do Sul3,1
Mato Grosso3,8
Goiás3,2
Distrito Federal2,5
  • Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010.

Na população com faixa etária de 15 a 17 anos, a porcentagem dos que não frequentavam a escola em 2010 era de 16,7%. As regiões Norte e Sul apresentaram o maior índice, ambas com 18,7%. O Nordeste aparece em seguida, com 17,2%. As menores taxas foram verificas no sudeste (15%) e no Centro-Oeste (16,8%).

Também nessa faixa etária, o Acre apresenta os maiores índices de pessoas fora da escola, são 22% - quase o dobro do número verificado no Distrito Federal (11,6%).

Percentual de pessoas que não frequentavam escola, na população de 15 a 17 anos de idade, segundo as Unidades da Federação - 2010

Estado% de pessoas de 15 a 17 anos que não frequentavam a escola em 2010
NORTE 
Rondônia19,7
Acre22,2
Amazonas19,6
Roraima17,9
Pará18,5
Amapá16,8
Tocantins15,3
NORDESTE 
Maranhão16,9
Piauí14,5
Ceará18,5
Rio Grande do Norte17,3
Paraíba18,1
Pernambuco18
Alagoas19,1
Sergipe14,8
Bahia16,3
SUDESTE 
Minas Gerais16,5
Espírito Santo19,1
Rio de Janeiro13,1
São Paulo14,7
SUL 
Paraná19,3
Santa Catarina19,8
Rio Grande do Sul17,2
CENTRO-OESTE 
Mato Grosso do Sul20,5
Mato Grosso18,5
Goiás16,5
Distrito Federal11,6
  • Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010.

A rede pública de ensino atendia, em 2010, 78,1% da população que frequentava escolas ou creches no país. De acordo com o Censo de 2010, o atendimento na rede pública de ensino é maior no ensino fundamental e médio.

Evolução

A comparação entre os dados de 2000 e 2010 mostra que houve uma diminuição na porcentagem da população de 7 a 14 anos que não frequentava a escola – o índice foi de 5,5% para 3,1%. Foi usada a idade de sete anos, pois, em 2000, esta era a idade definida para iniciar o ensino fundamental.

Segundo o relatório do IBGE, “ao longo dos anos, os crescentes incentivos e condições para que as crianças frequentassem escola e as possibilidades de ingresso no sistema educacional para aqueles que não puderam fazê-lo nas idades apropriadas foram, dentre outros, fatores importantes que contribuíram para a redução do analfabetismo e a elevação do nível de instrução da população do Brasil”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Educação