Topo

Ensino a Distância


No Brasil, apenas um em cada três presidiários concluiu o ensino fundamental

Do UOL, em São Paulo

10/07/2012 06h00

No Brasil, 65% dos presos em penitenciárias masculinas não concluíram nem o ensino fundamental, segundo o levantamento anual do Infopen (Sistema de Informações Penitenciárias), do Ministério da Justiça. O número cai para 60% quando se considera somente as penitenciárias de São Paulo.

Quantidade de presos por grau de instrução em presídios masculinos (Dez/2011)

  • Fonte: Infopen ? Ministério da Justiça

    Fonte: Infopen - Ministério da Justiça

Os dados indicam também que aumentou a escolaridade dos detentos nos últimos seis anos. Em 2005, apenas 7,6% tinham o ensino médio incompleto contra 11,7% em 2011. No mesmo período, a proporção de presos com ensino médio completo passou de 5% para 7,7% no ano passado.

Número de presos por escolaridade (Brasil - mês de dezembro)

Nível2005200620072008200920102011
Analfabeto11.38718.62128.62527.19225.01523.99224.973
Alfabetizado54.59545.51950.18644.58246.80152.96455.853
Ensino Fundamental Incompleto79.555114.351154.608163.518168.113189.980203.620
Ensino Fundamental Completo22.60832.57041.15546.47663.46549.84055.257
Ensino Médio Incompleto15.04321.59331.81139.21241.17944.36349.309
Ensino Médio Completo9.76514.56422.83626.57828.28329.74433.091
Ensino Superior Incompleto9211.6023.0683.3012.5242.6993.291
Ensino Superior Completo7781.0261.4031.4931.4781.5821.680
Acima de Superior Completo113851615261108
Total informado196.668251.890335.750354.421378.919397.235429.193
  • Fonte:Infopen - Ministério da Justiça

Apesar de o tempo ser um ponto favorável para quem está preso voltar a estudar, estudo de 2009 indica que condições físicas precárias e falta de professores capacitados são as principais deficiências da educação no sistema prisional brasileiro.

São Paulo

No Estado de São Paulo, a FUNAP (Fundação "Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel" de Amparo ao Preso) é a responsável pela educação nas prisões do Estado desde 1979, e hoje conta com escolas em 118 unidades prisionais. Os próprios presos que têm ensino médio completo, após um rígido processo seletivo, tornam-se "professores" dos outros colegas com menos escolaridade.

Desde 2009, iniciou um projeto para oferecer curso de pedagogia a distância para os detentos da penitenciária 1 de Serra Azul, no interior de São Paulo. O curso superior está sendo oferecido para quatro monitores responsáveis pelas aulas.

Mais Ensino a Distância