PUBLICIDADE
Topo

Conselho de Administração do RJ dará registro a alunos de descredenciadas

14.jan.2014 - Alunos das Universidade Gama Filho e UniverCidade realizaram protesto no Rio de Janeiro - Ariel Subirá/Futura Press/Estadão Conteúdo
14.jan.2014 - Alunos das Universidade Gama Filho e UniverCidade realizaram protesto no Rio de Janeiro Imagem: Ariel Subirá/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

29/01/2014 20h08

O CRA-RJ (Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro) informou que vai fornecer um registro provisório aos formandos da UniverCidade e da Universidade Gama Filho, descredenciadas pelo MEC. A medida foi tomada em caráter excepcional para evitar que os alunos sejam excluídos de processos que exijam registro profissional.

Os alunos procuraram a entidade porque relatam dificuldades na obtenção de documentos de conclusão de curso. A Galilelo Educacional, mantenedora das duas instituições de ensino, já foi multada pela Justiça por não comprovar o fornecimento da documentação necessária aos alunos.

O conselho decidiu então emitir um registro provisório aos formandos de administração que comprovarem o aproveitamento escolar e a participação no Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes).

O documento provisório, porém, é limitado ao exercício de atividades de assistência e assessoria e os graduados não poderão assumir cargos de direção. Eles terão dois anos para apresentar certificado de conclusão do curso ou diploma e transformar o registro profissional em definitivo.

“Com esta ação, o CRA-RJ visa abrandar a angústia e os danos aos ex-alunos que foram impossibilitados, a princípio, de dar início às suas vidas como profissionais legais de Administração”, diz o órgão em nota publicada no site do CRA.