Topo

Alunos vestem saias em protesto contra o sexismo em colégio do RJ

Reprodução/Facebook
Meninos do Colégio Pedro 2º, que é federal, usaram saias durante protesto Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

04/09/2014 16h46Atualizada em 04/09/2014 18h37

Um grupo de alunos trocou as calças azul marinho do uniforme do Colégio Pedro 2º, no Rio de Janeiro, por saias na última terça-feira (2) em um protesto "contra o sexismo". Os meninos não podem usar bermuda na escola, enquanto as meninas podem usar saia.

Segundo a direção do colégio, um aluno vestiu uma saia no dia 23 de agosto dentro das dependências da escola e, em seguida, foi orientado pela Sesop (Setor de Supervisão e Orientação Pedagógica) “sobre a necessidade de seguir as regras estipuladas pela instituição sobre o uso do uniforme escolar”.

O colégio diz que em nenhum momento o aluno foi impedido de circular pelas dependências do prédio.

Por causa do ocorrido, um grupo de estudantes organizou um protesto no último dia 2, com meninos e meninas vestidos de saia, segurando cartazes e gritando frases “contra o sexismo”.

“O Colégio Pedro 2º reconhece que a adolescência é um período de descobertas e repudia qualquer tipo de intolerância e discriminação", disse a escola federal.

“Ressaltamos que o atual Código de Ética Discente está sendo reformulado com a participação de toda a comunidade escolar, contando inclusive com a participação ativa dos alunos, que podem sugerir as alterações que acharem necessárias”.

Mais Educação