Topo

Vestibular


Inep cria indicador para minimizar 'maquiagem' em Enem por Escola

Karina Yamamoto

Do UOL, em São Paulo

2015-07-13T17:08:56

13/07/2015 17h08

A divulgação do Enem por Escola de 2014 vai trazer mais um indicador para contextualização das notas das instituições: será possível saber o percentual de alunos que fizeram todo o ensino médio na escola avaliada, saber qual é o "indicador de permanência".

Assim, fica mais fácil identificar manobras das escolas para melhorar as notas, como a transferência de bons alunos no 3º ano do ensino médio. Por exemplo, se a escola tem um excelente resultado mas tem baixo percentual de alunos que fizeram todo o ensino médio lá, pode-se concluir que os alunos se sairiam bem independentemente do trabalho do colégio.

O Enem por Escola costuma ser usado para avaliar as escolas -- principalmente as particulares, que disputam pelos melhores resultados e usam a classificação como uma espécie de atestado de qualidade do serviço que oferecem.

Dados contextualizados em vez de rankings

A intenção é "dar elementos para a sociedade verificar o que a escola está oferecendo", disse José Francisco Soares, presidente do Inep, autarquia do MEC (Ministério da Educação) responsável pela avaliação. "É resultado da escola ou do aluno?"

Desde que assumiu o Inep, em fevereiro de 2014, Soares tem realizado esforços para implantar indicadores que contextualizem os dados divulgados. O Enem por Escola de 2013, o primeiro sob sua coordenação, trouxe informações sócio-econômicas dos alunos. A classificação geral (ranking) sempre foi criticada pelos especialistas -- um grupo do qual Soares fazia parte quando professor da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Para chegar a essa informação, os dados do Censo Escolar foram cruzados com o desempenho dos alunos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2014. Desde o dia 9 de julho, as escolas estão com os resultados preliminares -- assim, elas podem recorrer da nota caso não concordem com ela.

A previsão é de que o Enem por Escola seja divulgado no dia 27 de julho.

Mais Vestibular