Topo

Encontro com Dilma foi cordial, diz ministro da Educação após sair do cargo

Antonio Cruz/Agência Brasil
17.set.2015 - O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, durante coletiva dos dados da Avaliação Nacional de Alfabetização Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

2015-09-30T19:16:25

30/09/2015 19h16

Renato Janine Ribeiro comentou nesta quarta-feira (30) em sua página do Facebook a sua saída do MEC (Ministério da Educação). "O encontro [com a presidente Dilma Rousseff] foi absolutamente cordial", afirmou o agora ex-ministro, que também compartilhou uma nota publicada no site do MEC confirmando a sua saída.

Janine Ribeiro estava desde março no cargo. Segundo o comunicado, a presidente Dilma Rousseff esteve com o ministro por volta das 15h no Palácio do Planalto. "A presidente reconheceu e agradeceu o trabalho do ministro no MEC", afirma a assessoria de imprensa.

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, deve suceder Janine à frente do Ministério da Educação. O ex-senador já havia chefiado a pasta entre 2012 e 2014.

Renato é professor titular de Ética e Filosofia Política da USP (Universidade de São Paulo) e foi diretor da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) entre 2004 e 2008. Ele ocupou o lugar de Cid Gomes (PROS), que deixou o cargo após desentendimento na Câmara dos Deputados.

Janine ficou conhecido pelo uso das redes sociais durante o seu comando no Ministério. Em maio deste ano, o ministro chegou a pedir que seu perfil no Facebook não fosse usado para mensagens destinadas ao MEC.

Mais Educação