Encontro com Dilma foi cordial, diz ministro da Educação após sair do cargo

Do UOL, em São Paulo

  • Antonio Cruz/Agência Brasil

    17.set.2015 - O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, durante coletiva dos dados da Avaliação Nacional de Alfabetização

    17.set.2015 - O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, durante coletiva dos dados da Avaliação Nacional de Alfabetização

Renato Janine Ribeiro comentou nesta quarta-feira (30) em sua página do Facebook a sua saída do MEC (Ministério da Educação). "O encontro [com a presidente Dilma Rousseff] foi absolutamente cordial", afirmou o agora ex-ministro, que também compartilhou uma nota publicada no site do MEC confirmando a sua saída.

Janine Ribeiro estava desde março no cargo. Segundo o comunicado, a presidente Dilma Rousseff esteve com o ministro por volta das 15h no Palácio do Planalto. "A presidente reconheceu e agradeceu o trabalho do ministro no MEC", afirma a assessoria de imprensa.

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, deve suceder Janine à frente do Ministério da Educação. O ex-senador já havia chefiado a pasta entre 2012 e 2014.

Renato é professor titular de Ética e Filosofia Política da USP (Universidade de São Paulo) e foi diretor da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) entre 2004 e 2008. Ele ocupou o lugar de Cid Gomes (PROS), que deixou o cargo após desentendimento na Câmara dos Deputados.

Janine ficou conhecido pelo uso das redes sociais durante o seu comando no Ministério. Em maio deste ano, o ministro chegou a pedir que seu perfil no Facebook não fosse usado para mensagens destinadas ao MEC.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos