Topo

Educação

Vestibular


Enem 2015 por Escola: uma a cada 5 é 'reprovada' em redação

Do UOL, em São Paulo

04/10/2016 11h42Atualizada em 04/10/2016 13h26

Uma a cada cinco escolas foi "reprovada" em redação, segundo dados do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015 por Escola, divulgado nesta terça-feira (4) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia responsável pelo Enem.

Cerca de 20% (3.045) das 14.998 unidades de ensino que tiveram suas notas divulgadas apresentaram média inferior a 500 na redação, nota mínima exigida pelo MEC (Ministério da Educação) para que o estudante obtenha o certificado de conclusão do ensino médio. Outras 11.953 escolas tiveram nota igual ou maior que 500.

Os resultados indicam que 38% das instituições seriam "reprovadas". São 5.642 escolas que tiveram notas médias menores que 450 pontos em, ao menos, uma das quatro provas objetivas (linguagens, matemática, ciências humanas e ciências da natureza) ou não alcançaram a média de 500 pontos na redação do exame. Esses são os parâmetros mínimos usados pelo MEC para conceder a certificação do ensino médio a estudantes por meio do Enem. 

Tema polêmico

No ano passado, o tema da redação do Enem --"A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira"-- gerou debate e polêmica.

Nas redes sociais, se multiplicaram críticas à escolha do assunto. Os deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Marcos Feliciano (PSC-SP) também se queixaram do tema, acusando o então governo, sob o comando da ex-presidente cassada Dilma Rousseff, de "doutrinação".

No entanto, a temática foi elogiada por especialistas na área da educação e representantes da sociedade civil. Para eles, a proposta sinaliza a importância de tratar o assunto, tanto na educação básica quanto na universidade.

Correção da redação

A partir de 2013, as redações passaram a ser corrigidas com critérios que podem ser considerados mais rigosoros. O Inep fez mudanças no sistema de correção após um aluno ter obtido nota 560 colocando uma receita de miojo no meio do texto.

Os candidatos que apresentassem trechos desconectados com o resto do texto (como as que apresentaram receita de macarrão e trecho do hino do Palmeiras) passaram a receber nota zero --anteriormente perderiam entre 400 e 500 pontos em uma escala que vai até 1.000.

Vestibular