PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
2 meses

Após polêmica, ministro diz que não quer tirar acesso ao ensino superior

Ministro da Educação, Milton Ribeiro, diz que não quer tirar dos brasileiros o acesso à educação superior após fala polêmica - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Ministro da Educação, Milton Ribeiro, diz que não quer tirar dos brasileiros o acesso à educação superior após fala polêmica Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

11/08/2021 17h13Atualizada em 11/08/2021 17h21

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou hoje que não quer tirar o acesso do brasileiro ao ensino superior, mas voltou a defender a formação técnica. Em entrevista à CNN, o ministro ressaltou que "está na hora do Brasil olhar para a educação de nível técnico".

"Gostaria de esclarecer a minha palavra. Estávamos discutindo a respeito de ensino técnico e superior, todos aqui sabem que existem muitas pessoas no Brasil com graduação, mas que não conseguem colocação", disse Milton Ribeiro. "Está na hora do Brasil olhar para a educação na formação profissional de nível técnico".

Foi nesse contexto que eu falei que a universidade é para poucos porque pressupõe pesquisa. Não quero tirar da população brasileira o acesso ao ensino superior."
Ministro Milton Ribeiro em entrevista à CNN

Ontem, Milton Ribeiro disse que a universidade deveria ser "para poucos no sentido de ser útil à sociedade". Ele citou o exemplo de motoristas de aplicativo, que têm graduação, mas não conseguem colocação profissional. A fala repercutiu negativamente.

"Se fosse um técnico de informática, conseguiria emprego, porque tem uma demanda muito grande", acrescentou o ministro na ocasião.

À CNN, ele repetiu o exemplo de motoristas de aplicativo e disse que não há "nenhum desmerecimento" na ocupação.