PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
4 meses

Enem: redação é sobre contribuição das mulheres nas ciências da Saúde

Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil é o tema da redação na reaplicação do Enem - Pixabay
Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil é o tema da redação na reaplicação do Enem Imagem: Pixabay

Do UOL, em São Paulo

09/01/2022 17h02Atualizada em 09/01/2022 21h42

A reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 neste domingo (9) tem como tema de redação o "Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil". Os participantes precisam escrever um texto dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, a partir da situação-problema proposta na prova, dos textos motivadores e dos conhecimentos construídos ao longo da formação.

A redação precisa ser opinativa e organizada para a defesa de um ponto de vista e a opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos.

O tema vale para as pessoas que se inscreveram em setembro, após nova oportunidade, destinada aos isentos da taxa de inscrição que faltaram ao Enem 2020 e para os participantes do exame para as Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) 2021.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplica provas neste e no próximo domingo, 9 e 16 de janeiro, respectivamente.

Nota e correção

As redações do Enem são avaliadas de acordo com cinco competências.

A nota pode chegar a 1.000 pontos, mas há critérios que conferem nota zero, como fuga ao tema, extensão total de até sete linhas, trecho deliberadamente desconectado do tema proposto, não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa e desrespeito à seriedade do exame.

O processo de correção é acompanhado em todas as suas etapas e segue os parâmetros estabelecidos pelo Inep.

Os textos podem passar por até quatro correções para o cálculo da média final.

Mais de 340 mil candidatos

Mais de 340 mil candidatos fazem hoje (9) as provas do Enem 2021. A nova rodada é destinada a quem estava inscrito no Enem regular, mas teve a aplicação prejudicada de alguma forma, e às pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL). A reaplicação segue no próximo domingo (16).

O exame ocorre em 4.618 locais de prova, sendo 1.435 para o Enem PPL, 2.249 para os participantes isentos que se inscreveram após nova oportunidade e 934 para a reaplicação de quem teve o pedido aceito. Com relação à equipe de aplicação, são 54.053 pessoas envolvidas, sendo 10.470 para o Enem PPL, 40.315 para os isentos ausentes do Enem 2020 e 3.268 da reaplicação.