PUBLICIDADE
Topo

Português

Olimpíada de Língua Portuguesa - Dicas de leitura que podem orientar sua redação

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Você vai participar da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro? No UOL Educação você encontra algum material que pode ajudá-lo a se preparar para o evento, juntamente com o seu professor, lendo e refletindo sobre alguns textos aqui publicados que tratam de temas relacionados ao ato de redigir. Na verdade, existe um amplo material de apoio à prática da redação no UOL Educação, entre as quais um Banco de Redações. No entanto, o foco do Banco é principalmente a redação para o Enem e os vestibulares.

Por isso, para facilitar sua pesquisa e permitir que você vá direto aos artigos que mais interessam à proposta da edição 2010 da Olimpíada, apresentam-se aqui algumas sugestões relacionadas às quatro categorias da competição, cujo tema comum é "O lugar onde vivo". Ler bastante ajuda muito a escrever bem, mas a sua leitura não precisa necessariamente ser individual e silenciosa. Vale a pena discutir o que você leu com o seu professor. Ele pode esclarecer eventuais dúvidas e ajudá-lo a aplicar os conceitos que você vai conhecer para o caso específico da competição que você tem pela frente.



Poesia - Para alunos de 5º. e 6º. anos/4ª. e 5ª. séries do Ensino Fundamental

Antes de mais nada, é bom ter em mente que não basta fazer rimas para fazer um poema. Aliás, qual é mesmo a diferença entre poema e poesia? O dossiê Poesia é um bom ponto de partida para se pensar nesse assunto. Mas ele não esgota o tema, principalmente por que o gênero poesia passou por uma grande transformação a partir do início do século 20, que aboliu diversas regras tradicionais da arte de fazer versos. Por isso, é interessante ler também o dossiê Poesia modernista e Poesia Visual. Se depois disso você optar por seguir as regras clássicas para escrever seu texto, é melhor conhecê-las bem, lendo Versificação - definições.



Memórias - Para alunos de 7º. e 8º. anos/6ª. e 7ª. séries do Ensino Fundamental

Para quem vai participar dessa categoria, o ponto de partida pode ser a reflexão sobre o próprio conceito de texto, que é bem amplo. Em Texto - Você sabe qual o conceito? essa questão é discutida em detalhes. A seguir, é importante lembrar que todo texto se enquadra num contexto. Portanto, é preciso saber que a situação ou a circunstância determina o modo de expressão, bem como conhecer a noção de Gêneros textuais. O modelo principal para a produção de um texto memorialístico, isto é, que trata de suas recordações, é o gênero autobiográfico, sobre o qual você pode ler Autobiografia - como contar sua própria vida.



Crônicas - Para alunos de 9º. ano/ 8ª. séries do Ensino Fundamental e 1º. ano do Ensino Médio

Aqui, o ponto de partida é um artigo sobre o gênero textual que define a categoria, isto é, a Crônica, um gênero narrativo que se situa entre o jornalismo e a literatura. Nesse sentido, uma compreensão mais aprofundada do gênero pode ser obtida também com a leitura de dois dossiês que põem em foco a narração propriamente dita: Narrativa de ficção e não ficção e Narrativa literária. Além disso, vai ajudar também o conhecimento específico de uma técnica que se inclui em qualquer narrativa, o Discurso direto e indireto, que é utilizada sempre que se dá voz a uma das personagens da narração.



Artigo de opinião - Para alunos de 2º. e 3º. ano do Ensino Médio

O artigo de opinião se enquadra no gênero dissertativo e, por isso, vale a pena começar com algumas dicas de como escrever esse tipo de redação lendo o artigo Dissertação, que apresenta uma entrevista com a autora de um livro sobre o assunto. Mas a dissertação, na verdade, pode ter tanto um caráter expositivo quanto argumentativo, de modo que é preciso ter claro em mente da diferença entre os dois, lendo o artigo Expor ou argumentar e lembrando que um artigo de opinião consiste fundamentalmente em uma argumentação. Finalmente, é importante não esquecer os requisitos de uma boa argumentação. Deles, os dois principais são abordados em artigos específicos em Coerência e Coesão.

Português