PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Prova de exatas do Enem cobra temas básicos; veja o que estudar

Lucas Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

19/06/2013 10h08

Disciplinas de difícil entendimento para alguns alunos, matemática e física são cobradas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) com conteúdos mais básicos e de forma menos "conteudista" se comparadas a questões das mesmas matérias na Fuvest. É a opinião dos especialistas ouvidos pelo UOL.

MAIS ENEM

  • Johnny Eggitt/AFP

    No exame, atualidades são pretexto para cobrar análise de conteúdos

  • Shutterstock

    Estudar com provas antigas é principal dica para fazer bom Enem

"A prova da Fuvest, por exemplo, requer muito conteúdo e fórmulas, mas não é simplesmente isso. É entender bem o procedimento matemático", afirma Alessandro Menezes, professor de matemática do cursinho da Poli. "Já no Enem, são cobrados temas mais básicos".

Eduardo Figueiredo, coordenador da disciplina de física do colégio e curso Objetivo, concorda. “O que você tem de saber são leis básicas, interpretação de gráficos e textos”, afirma. “Contudo, a prova do Enem agora tem mais conteúdo que antigamente, mas é algo mais contextualizado, da vida cotidiana”. 

Para Alexandre Simonka, professor de física do colégio Vértice, muitas vezes o fenômeno em questão é explicado no próprio enunciado do Enem.

“Isso não quer dizer que se o aluno não tiver nenhum conhecimento da matéria ele conseguirá se sair bem só por ter a habilidade de interpretar textos, pois sem um conhecimento básico será muito difícil procurar o que é relevante no enunciado”, afirma Simonka.

A dificuldade das questões pode estar, então, no tempo de solução. “O enunciado de exatas dificilmente é muito longo, ao passo que em humanas todos são. O aluno perde muito tempo para ler. Em história e geografia, ou ele sabe ou não sabe, já em física e matemática, ele tem que pensar, fazer a resolução”, diz Figueiredo.

Conteúdos

Os três professores, a pedido do UOL, elaboraram uma lista com os temas que mais caem no Enem das duas disciplinas; confira:


Simonka acrescenta que uma tendência dos últimos exames de física é a exploração do conceito de energia e potência, principalmente em situações cotidianas como consumo de equipamentos elétricos, substituição de lâmpadas incandescentes por econômicas e transformações de energia que ocorrem em usinas dos mais variados tipos (hidrelétrica, termoelétrica, nuclear). “Conceitos relativamente complexos dificilmente serão abordados nas questões”.

Matemática

Já em matemática, além dos temas acima, é importante o candidato ter noções das relações fundamentais da trigonometria, como o teorema de Pitágoras

Para estudar todos esses conteúdos, a dica é fazer bastante simulados. “O mais importante é o treino. Como a prova é muito longa, ele tem que aprender a administrar o seu tempo, e só praticando e fazendo provas anteriores com o mesmo perfil o candidato conseguirá um bom resultado”, diz Figueiredo. 

Vestibular