Topo

Educação

Vestibular


MEC: 517 candidatas grávidas podem "parir" no Enem 2013

Do UOL, em São Paulo

05/09/2013 12h23Atualizada em 05/09/2013 13h31

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nessa quinta-feira (5) que 517 candidatas grávidas podem “parir” nos dias de aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2013. Segundo o ministro, 6,7 mil inscritas informaram estar grávidas. Destas, 3,1 mil tem previsão de dar à luz em outubro, sendo 517 no período das provas.

Mercadante disse que o MEC (Ministério da Educação) fez contato com todas as candidatas grávidas e lembrou o caso da estudante Pâmela de Oliveira Lescano, 17, que entrou em trabalho de parto antes do início da prova do Enem 2012. Na época, o ministro ligou para a estudante e autorizou que ela fizesse a prova em outra data.

O monitoramento é feito pelo MEC para poder auxiliar as estudantes, caso algum caso semelhante com o do ano passado aconteça. 

Guia do participante

O MEC divulgou hoje o Guia do Participante do Enem 2013. De acordo com o ministro da Educação, as redações da edição 2013 do exame serão corrigidas por 9.500 corretores. Em 2012, aproximadamente 5.600 corretores trabalharam na redação do Enem. 

Polêmicas em 2012

  • Reprodução

    Candidato escreve receita de miojo na redação do Enem e tira nota 560

  • Reprodução

    Redação com hino do Palmeiras tira nota 500 no Enem 2012

"Mais da metade das redações vão para o terceiro corretor quando você reduz a discrepância", afirmou Mercadante.

A redação do Enem será corrigida por dois especialistas, de forma independente. Caso ocorra uma diferença de 100 pontos ou mais entre as duas notas totais ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências for superior a 80 pontos, a redação passará por uma terceira correção.

O valor pago para os corretores por redação vai subir de R$ 1,90 para R$ 3. O Enem 2013 tem 7.173.574 candidatos inscritos. As provas serão realizadas nos dias 26 e 27 de outubro.

Segundo o ministro, as provas serão aplicadas em 15.576 salas de aulas de 1.661 municípios. Serão 63.340 malotes de provas, todos eles com lacre eletrônico e GPS.

Vestibular