PUBLICIDADE
Topo

Universitário brasileiro 'padrão' é mulher e estuda na rede privada

Do UOL, em São Paulo

18/09/2013 06h00Atualizada em 18/09/2013 09h41

O universitário brasileiro "padrão" é mulher e está matriculado na rede privada de ensino superior, estuda durante a noite em um curso presencial. É o que nos mostra o Censo da Educação Superior 2012

O estudo, divulgado nessa terça-feira (17), aponta que 55,5% das matrículas no ano passado foram feitas por mulheres, enquanto 44,5% eram homens. A participação das mulheres no ensino superior é maior do que na população brasileira: 51,5%, segundo o censo de 2010.

Das mais de 7 milhões de matrículas no ensino superior, 73% estão na rede privada (5.140.312 ). Os outros 27% estão divididos entre instituições federais, estaduais e municipais. 

Apesar do crescimento do número de alunos em cursos a distância entre 2011 e 2012 (12,2%), a maioria dos universitários ainda frequentam aulas presenciais (84,2%). O aluno "modelo" está matriculado em um bacharelado (67,1%).

O estudante médio do ensino superior brasileiro frequenta as aulas no período noturno (63,1%). Em instituições privadas, o turno da noite tem um percentual ainda maior de matrículas (73%), enquanto é frequentado pela menor parte de alunos em instituições estaduais (41%) ou federais (30%).

O perfil do universitário brasileiro continua o mesmo apresentado pelo censo da educação superior em 2009.