PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Saem os textos, entram os cálculos; 2º dia do Enem promete prova mais desgastante

iSotck
Imagem: iSotck

Ana Carla Bermúdez e Leonardo Martins

Do UOL, em São Paulo

12/11/2017 04h00

Sai um vilão, entra outro. Se no primeiro domingo do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) os candidatos tiveram que encarar a temida redação, desta vez eles terão pela frente muitos cálculos. Neste domingo (12), os candidatos vão responder 45 perguntas de matemática e outras 45 de ciências da natureza, que envolvem química, física e biologia.

Cerca de 6,7 milhões de candidatos devem fazer as provas hoje. Os portões abrem às 12h e fecham pontualmente às 13h, sempre pelo horário de Brasília. Não há tolerância para atrasos, ou seja, ninguém pode entrar depois do fechamento dos portões. Por isso, a recomendação é chegar ao local de prova com antecedência.

Embora a mudança do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) tenha agrupado as matérias por linha de raciocínio – no primeiro dia, estiveram juntas linguagens e ciências humanas -, professores ouvidos pelo UOL acreditam que a reunião de questões de exatas e biológicas no mesmo dia deverá trazer um cansaço maior para os alunos.

“O conteúdo da prova e os temas que serão cobrados não devem ter mudança. Só que com esse agrupamento de exatas com biológicas, as provas ficaram bem mais desgastantes, com questões de características próximas. Esse domingo fica com o peso de fazer contas e mais contas com questões compridas. Muitos também terão dificuldade com tempo, além com conteúdo”, afirmou Edmilson Motta, coordenador Geral do cursinho Etapa.

Na avaliação dele, o novo agrupamento de provas não foi positivo para os candidatos. No ano passado, o primeiro dia teve humanas e ciências da natureza, enquanto no segundo ficaram as questões de linguagens, matemática e a redação.

“Achei um pouco ruim essa mudança, porque a prova ficou meio chata. O desempenho dos alunos não foi diferente no simulados esse ano, mas a prova ficou mais chata de fazer, ficou desgastante”, comentou Motta, que ressaltou, porém, que o fato de a prova agora ser em dois domingos, e não mais em dois dias seguidos, ajudou os estudantes.

“Na verdade, a mudança dos dois domingos foi tão boa, mas acabou ficando escondida. Eles poderem descansar é algo que ajuda muito”, completou o coordenador.

Leia também:

Para professores do Curso Objetivo ouvidos pelo UOL, a parte de matemática deve ser a mais longa e trabalhosa da prova.

“Como são 45 testes, é uma prova muito cansativa”, afirmou o professor de matemática Carlos Seno. “O ideal é tentar na hora identificar as questões um pouco mais simples ou mais fáceis, independentemente da matéria”.

Segundo o professor Seno, os estudantes devem esperar questões relacionadas aos seguintes temas: probabilidade e análise combinatória, cálculo de áreas e volumes, cálculo de porcentagens e grandezas proporcionais.

Outra dica dos professores é saber controlar o tempo: ao perceber que está perdendo muito tempo em uma questão, o aluno deve pular para a próxima. "Usar muito tempo em questões difíceis no começo da prova aumenta a tensão", afirmou o professor de física José Carlos Garcia.

Professores dão dicas do que esperar e como encarar a 2ª prova

UOL Notícias

Atenção aos horários

Nas cidades e estados que seguem o horário de Brasília e estão no horário de verão, os portões dos locais de prova deste domingo (12) abrem ao meio-dia e fecham às 13h. A aplicação das provas começa às 13h30.

Confira abaixo o horário de fechamento dos portões em Estados e cidades que não seguem o horário de Brasília:

  • os portões serão fechados às 10h do horário local no Acre e em 13 municípios da região sudoeste do Amazonas (Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Boca do Acre, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Jutaí, Lábrea, Pauini, São Paulo de Olivença e Tabatinga);
  • para os candidatos de RoraimaRondônia demais municípios do Amazonas, a entrada no local de prova será permitida até as 11h do horário local;
  • os portões serão fechados às 12h do horário local para candidatos de Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins.

Gabaritos e resultados

O gabarito oficial desta edição do Enem será divulgado pelo Inep até o dia 16 de novembro.

A previsão é de que o resultado oficial, com as notas individuais de cada candidato, seja divulgado em 19 de janeiro de 2018.

Veja as regras de segurança que você vai ter que seguir no Enem

UOL Notícias

Vestibular