PUBLICIDADE
Topo

Bancada evangélica aprova Milton Ribeiro para a Educação: "Bom nome"

Milton Ribeiro, indicado como novo ministro da Educação - Divulgação/Instituto Presbiteriano Mackenzie
Milton Ribeiro, indicado como novo ministro da Educação Imagem: Divulgação/Instituto Presbiteriano Mackenzie

Guilherme Mazieiro, Carla Araújo e Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em Brasília

10/07/2020 18h13

A bancada evangélica aprovou o nome de Milton Ribeiro para o MEC (Ministério da Educação), anunciado e nomeado hoje (10) por Jair Bolsonaro (sem partido). Ele é pastor, tem doutorado em educação pela USP (Universidade de São Paulo) e ex-vice reitor do Mackenzie.

"Não o conheço [pessoalmente]. Conheço o currículo dele. Já ouvi falar que é uma pessoa competente. É um bom nome", disse o presidente da bancada, Silas Câmara (Republicanos-AM) ao UOL.

Apesar de negar oficialmente influência no MEC, o UOL mostrou que a bancada evangélica pressionava para ter um nome alinhado a seus princípios ideológicos no comando da pasta.

"Se encaixa, sim [nos princípios ideológicos da bancada]", disse Câmara.

Apesar de o ministro ter passagem pelo Exército, auxiliares militares do Planalto dizem que não o conhecem e que o que teria pesado na escolha do presidente foi o seu "currículo".

Na campanha, Bolsonaro defendeu os seguintes pontos para Educação:

  • Mudança no conteúdo e método de ensino.
  • Mais matemática, ciências e português, sem doutrinação e sexualização precoce.
  • Expurgar a ideologia de Paulo Freire, mudar a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), impedir a aprovação automática e impor disciplina dentro das escolas
  • Educação à distância: deveria ser vista como um importante instrumento As universidades, em todos os cursos, devem estimular e ensinar o empreendedorismo.

Veja o currículo de Milton Ribeiro

Pastor presbiteriano, Ribeiro é membro da Comissão de Ética Pública, ligada à Presidência da República. Foi nomeado por Bolsonaro para o cargo em maio de 2019. Seu mandato na comissão vai até 2022.

Em seu currículo lattes, atualizado pela última vez em abril de 2019, Ribeiro informa ter graduação em Teologia e em Direito. Também diz ser mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e doutor em Educação pela USP (Universidade de São Paulo).

Além disso, diz ter especialização em Velho Testamento pelo Centro Teológico Andrew Jumper, em Teologia do Velho Testamento pelo Mackenzie, em Gestão Universitária pelo CRUB (Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras) e em Direito Imobiliário pela FMU (Faculdade Metropolitanas Unidas).

Membro do conselho deliberativo da entidade mantenedora do Mackenzie, Ribeiro também atuou como reitor em exercício e vice-reitor da universidade