PUBLICIDADE
Topo

Professor é demitido após dar nota 10 para todos os alunos na Espanha

Professor ficou oito meses sem trabalho - Reprodução/YouTube
Professor ficou oito meses sem trabalho Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

18/10/2021 12h31

Um professor na Espanha foi demitido de uma instituição de ensino após dar a nota máxima para todos os seus alunos. Yvan Pozuelo, professor de francês da IES Universidad Laboral de Gijón, chegou a publicar um livro em que explicava o por quê de suas notas altas e de sua filosofia educacional.

Segundo o jornal El Comercio, Pozuelo tomou conhecimento de uma sanção imposta pelo Ministério da Educação espanhol no dia 27 de julho do ano passado, em decorrência de um procedimento iniciado em 31 de janeiro de 2020. Ele tinha 14 anos de carreira na IES Universidad Laboral.

Cerca de 2,5 mil páginas foram escritas contra o professor, além de uma recomendação para o afastamento do docente por 8 meses e sem remuneração.

A sanção veio após a descoberta de uma entrevista que o professor deu em dezembro de 2019 ao jornal, em que afirmou que "ao abandonar o papel de avaliador, também se pode dar aulas" e que "10 está dentro da lei" e que a nota era fornecida a todos, já que assim seus alunos ganhavam "confiança". Dessa forma, ele acreditava celebrar qualquer evolução de seus alunos.

Segundo a publicação, a acusação contra o professor é a de que, com a qualificação, ele teria prejudicado "o direito à avaliação objetiva", além de uma cometer uma "falha em programar adequadamente" o curso.

Ao jornal, o professor afirma que a atitude foi "uma perseguição" e diz que "nem os pais nem os alunos jamais reclamaram do sistema".

Há casos mais graves nos institutos e todos no sindicato sabem disso: assédio sexual, gente que chega em mal estado, que insulta... Mas não gostaram que eu não me retratei, quando me pediram que eu fizesse isso

O professor recorreu em relação à sanção, que de momento está suspensa. Pozuelo deixou de lecionar na IES de La Laboral e, em setembro, começou a lecionar no Centro Integrado de Formação Profissional em Hotelaria de Gijón - onde pretende continuar com o mesmo método de ensino.