PUBLICIDADE
Topo

Fake news e terrorismo entre os temas do vestibular da Unesp

DENISE GUIMARÃES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: DENISE GUIMARÃES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

14/11/2021 22h48

A Unesp (Universidade Estadual Paulista) realizou neste domingo (14), a primeira fase do vestibular 2022 apenas para os candidatos de cursos da área de biológicas. A prova trouxe questões sobre fake news, terrorismo e desmatamento na Amazônia.

O UOL corrige a prova, em parceria com o Objetivo. Basta acessar o link.

Nesta primeira fase, a prova teve 90 questões objetivas. Foram 30 questões para cada uma das seguintes áreas: Linguagens e códigos; Ciências humanas e Ciências da natureza e matemática.

"Foi uma prova que dialoga com a atualidade, mas que fugiu de polêmicas. Dessa forma foi bastante clássica permeando os assuntos clássicos do ensino médio, sem apresentar grande dificuldade", disse o diretor do Curso Anglo, Daniel Perry.

Para o diretor pedagógico do Curso Pré-Vestibular da Oficina do Estudante de Campinas (SP), Daniel Cecílio a prova também foi considerada clássica.

"De uma forma geral, a prova da Unesp foi clássica, com nível de dificuldade semelhante à edição anterior. Mas, para nossa banca faltou um pouco de brilho na maioria das questões", disse Cecílio.

Humanas

Na prova de história foram abordados temas da Antiguidade Clássica ao Islamismo passando pelo mundo da expansão marítima, Rei Luís XIV. No Brasil, o destaque para a crítica à escravidão desenvolvida ainda no cenário do Primeiro Reinado e o processo de redemocratização.

"Destaco uma questão interdisciplinar que abordava a partir de um texto em inglês, a história da arte e as relações que arte produziu no mundo contemporâneo", disse o professor de história do Objetivo, Ricardo Di Carlo.

A geografia teve uma prova contemporânea com destaque para temas como: o terrorismo, conflitos de terra e ambiental.

Linguagens

A prova de português teve texto de Olavo Bilac e um outro que falava sobre neurociência com a personagem Emília do Sítio do Pica-Pau Amarelo e o filme Matrix. Texto de comédia teatral. E perguntadas sobre o Arcadismo.

Em inglês teve questões mais atuais envolvendo meme e uma relacionada a parte artística. E com alternativas em inglês, o que difere de outros vestibulares. E considerada uma prova de nível médio pelos especialistas ouvidos pela reportagem.

Exatas

Para o professor de matemática do Objetivo, André Maciel a prova foi equilibrada dentro do que a Unesp costuma cobrar em seus vestibulares.

Sobre a prova de física: "Uma prova considerada difícil. Mais difícil da que a da Unicamp realizada na semana anterior", disse o professor de física do Objetivo, Thomas Haupt.

A equipe do Curso Pré-Vestibular da Oficina do Estudante de Campinas (SP), sobre a prova de química destacou que as perguntas eram conceituais e que foram cobrados poucos cálculos.

Biológicas

A prova de biologia foi bastante diversificada. Passando por temas como genética, transgênicos, de hormônios e reprodução humana e biomas brasileiros.

Segundo dia de vestibular

Amanhã (15) será a vez dos inscritos em cursos de exatas e humanidades, além dos treineiros. Os portões serão fechados às 14h, e as provas terão início logo em seguida. A saída só será permitida a partir das 17h. O exame terá duração máxima de cinco horas, com encerramento às 19h.

A segunda fase será realizada no próximo dia 19 de dezembro. O resultado será divulgado no dia 27 de janeiro de 2022.