PUBLICIDADE
Topo

Sisu 2022: começam hoje inscrições para 2ª edição deste ano

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

28/06/2022 04h00

Começam hoje (28) as inscrições para o segundo processo seletivo de 2022 do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). O prazo termina no dia 1º de julho.

A consulta para as vagas neste segundo processo seletivo teve início no dia 15, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. O site para acessá-lo é acessounico.mec.gov.br/.

Por meio da consulta, é possível saber as vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos. Também é possível acessar a íntegra do documento de adesão de cada uma das instituições que aderiram ao Sisu.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC (Ministério da Educação) no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

Exigências

Para participar do Sisu, é necessário que o candidato tenha realizado o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2021, que não tenha zerado na prova de redação e que não tenha participado do exame como treineiro.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 6 de julho. A matrícula ou registro acadêmico devem ser feitos de 13 a 18 de julho. Já o prazo para os interessados manifestarem interesse em participar da lista de espera será de 6 a 18 de julho.

Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicados no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem.

sisu - Marcelo Casal Jr/Agência Brasil - Marcelo Casal Jr/Agência Brasil
Imagem: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Como se inscrever no Sisu?

Para fazer a inscrição, é preciso que a pessoa entre no Acesso Único e clique na opção "fazer inscrição". Na próxima tela, o candidato deverá clicar em entrar com o login em gov.br ou em fazer cadastro.

Antes de começar a inscrição propriamente dita, será necessário confirmar alguns dados pessoais.

Em seguida, será preciso escolher até duas opções de curso que podem ser pesquisadas por cidade, instituição ou pelo nome do curso.

Depois, o sistema irá pedir para que os dados de curso, modalidade de vaga e documentação exigida pela instituição na matrícula sejam confirmados. Se tudo estiver certo, será preciso clicar em "confirmar minha inscrição".

É preciso pagar para se inscrever?

Não. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, no portal, sem a cobrança de taxas.

Quantas vagas estão disponíveis?

O Ministério da Educação informou que a segunda edição de 2022 do Sisu oferecerá 65.932 vagas para ingresso em 73 instituições públicas de ensino superior. São mais de 2.000 cursos de graduação.

Os dez cursos com as maiores ofertas de vagas são, nesta ordem: pedagogia, administração, matemática, ciências biológicas, química, direito, física, medicina, engenharia civil e engenharia elétrica. O total de cursos de graduação com oferta de vagas é de 2.043. Só para medicina são ofertadas 1.583 vagas.

No portal Acesso Único, é possível consultar as vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos. Os estados que mais oferecem vagas são o Rio de Janeiro, com 13.249; Minas Gerais, com 8.655; Paraná, com 6.692; e Bahia, com 5.968.

Entre as instituições com mais vagas ofertadas estão a Universidade Tecnológica Federal do Paraná, a Universidade Federal Fluminense, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Universidade Federal do Maranhão e a Universidade Estadual da Paraíba.

Calendário

  • Inscrições - 28 de junho a 1º de julho
  • Resultado da chamada regular - 6 de julho
  • Prazo para entrar na lista de espera - 6 a 18 de julho
  • Matrícula da chamada regular - 13 a 18 de julho

Como saber se fui selecionado na lista de espera do Sisu?

A página do Sisu divulga a data de início da convocação dos candidatos em lista de espera, mas as chamadas são realizadas diretamente pelas instituições de ensino.

Por isso, o candidato que estiver na lista de espera deve acompanhar as convocações junto à instituição na qual tenha manifestado interesse. É importante, por exemplo, estar atento aos meios de comunicação utilizados pela instituição de ensino.