PUBLICIDADE
Topo

Dia da Mulher Negra: veja 10 livros escritos por autoras brasileiras pretas

Carolina Maria de Jesus é autora de "Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada" - Acervo UH/Folhapress
Carolina Maria de Jesus é autora de "Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada" Imagem: Acervo UH/Folhapress

Murilo Matias

Colaboração para UOL

25/07/2022 04h00

A celebração do dia nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra nesta segunda-feira (25) remete ao primeiro encontro realizado por mulheres negras na República Dominicana a fim de discutir questões envolvendo as comunidades afro na América Latina em 1992, além de reverenciar a trajetória de uma das principais referências da luta quilombola no país.

A data, instituída no Brasil em 2014, também permite lembrar as tantas páginas escritas ao longo da história por negras, atualmente estimadas em 44% da população feminina —e 23% da total—, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No campo literário, ainda que persistam estruturas racistas e barreiras econômicas, autoras negras de diferentes gerações ampliam sua participação no mercado editorial projetando-se como intérpretes da realidade e criadoras de ficção.

De "Úrsula", de Maria Firmina dos Reis, considerada a primeira obra de cunho antiescravista, lançada em 1859, no Maranhão, passando pelo sucesso internacional de "Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada", de Carolina Maria de Jesus, aos conceitos criados por Lélia Gonzalez, entre os quais o pretuguês e a amefricanidade, os caminhos vão sendo abertos pela ação dessas mulheres.

Por outro lado, abismos sociais empurram a população negra, mais incisivamente as mulheres, a enfrentarem uma série de injustiças refletidas em índices de pobreza, menores salários e exposição a violência. Por exemplo, segundo dados do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) de 2016, mulheres brancas recebem 70% a mais exercendo a mesma função.

Na data que também registra o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, conheça livros de autoras negras que tratam desses e outros assuntos.

  • Antes, uma dica: você prefere ler virtualmente? Então assine o Kindle Unlimited, serviço da Amazon que reúne mais de um milhão de e-books. É gratuito no primeiro mês e custa R$ 19,90 após a promoção.

Quarto de Despejo - Carolina Maria de Jesus - Editora Ática

Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada  (edição comemorativa) - Editora Ática - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 42,00*

Relatando sua própria vida como catadora e revelando o cotidiano da favela paulista de Canindé, Carolina Maria de Jesus produz uma síntese da realidade social enfrentada pelas classes em situação de vulnerabilidade no Brasil, formadas em grande parte pela população negra. Escrito na década de 1950, "Quarto de Despejo" é o livro mais popular da autora.

Úrsula - Maria Firmina dos Reis - Principis

Úrsula - Principis - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 19,06*

Ambientado sob a realidade de um Brasil escravocrata, o romance se articula a partir de depoimentos que se sucedem ao longo das páginas contando, por exemplo, como era vida na África, a captura pelos "caçadores de almas", as agruras do navio negreiro e os dramas vividos no país. É considerado o primeiro livro de cunho antiescravista lançado no país em 1859, na cidade de São Luís.

Ponciá Vicêncio - Conceição Evaristo - Pallas

Ponciá Vicêncio - Pallas - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 24,11*

Relações familiares, transição do campo para a cidade, a busca por oportunidades, a procura por entes queridos. Envolvido em uma atmosfera de encontros e desencontros o enredo conta a trajetória da protagonista Ponciá desde sua infância até a idade adulta, passando por seus pensamentos, suas ações e pelas indefinidas fronteiras entre o real e o imaginado.

O Tapete Voador - Cristiane Sobral - Malê

O Tapete Voador - Cristiane Sobral - Malê (corte 2) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 28,70*

Empoderamento negro, discriminação racial e colorismo estão entre os temas que aparecem nesta coletânea de contos de Cristiane Sobral. Centrado em personagens femininas que lutam para superar as barreiras sociais para alcançar seus objetivos, a obra permite um sensível contato com a literatura negra contemporânea brasileira de autoria feminina.

Uma História Feita por Mãos Negras - Beatriz Nascimento - Zahar

Uma História Feita por Mãos Negras - Beatriz Nascimento - Zahar - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 32,77*

A coletânea reúne artigos, ensaios e resenhas escritos pela autora entre 1974 e 1994. A historiadora e professora foi uma das responsáveis por resgatar a história do negro no Brasil e sua contribuição na construção da sociedade, quebrando as barreiras da invisibilização ao discutir a problemática racial, pesquisar sobre os quilombos e as articulações do movimento negro em diferentes épocas.

Por um Feminismo Afro-Latino-Americano - Lélia Gonzalez - Zahar

Por um Feminismo Afro-Latino-Americano - Lélia Gonzalez - Zahar - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 39,90*

A edição reúne textos produzidos entre 1979 e 1994 pela filósofa, antropóloga, professora, militante do movimento negro e autora, uma das mais reconhecidas intelectuais do país. O livro traz ainda uma introdução e cronologia da vida e obra de Lélia Gonzalez, sua atuação na luta contra o racismo estrutural e na articulação das relações entre gênero e raça na sociedade brasileira.

O Pacto da Branquitude - Cida Bento - Companhia das Letras

O Pacto da Branquitude - Cida Bento - Companhia das Letras - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 30,32*

Desmistificando o discurso meritocrático, a obra denuncia e questiona a universalidade da branquitude e suas consequências nocivas para qualquer alteração substantiva na hierarquia das relações sociais. Experiências de vida e pesquisas respaldam o texto produzido pela autora, também cofundadora do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades.

Corpo Desfeito - Jarid Arraes - Alfaguara

Corpo desfeito - Jarid Arraes - Alfaguara - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 49,90*

O livro de estreia da autora traz como tema central as consequências do abuso físico e psicológico de crianças e maneiras possíveis de se lidar com tais traumas a partir da realidade vivida pela personagem Amanda. A jovem de doze anos enfrenta diferentes dramas dentro do ambiente familiar no interior do Ceará, em uma realidade comum a milhares de outras jovens país afora.

Escritos de Uma Vida - Sueli Carneiro -Editora Jandaíra

Escritos de Uma Vida - Sueli Carneiro -Editora Jandaíra - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 53,90*

Com prefácio da escritora Conceição Evaristo e apresentação da filosofa Djamila Ribeiro, a obra discorre sobre os processos de asfixia social, conforme define a autora, pelos quais as mulheres negras passam em relação às estruturas de opressão de gênero e raça. O livro está baseado em pesquisas, palestras e artigos realizados por Sueli Carneiro ao longo de sua carreira acadêmica.

#Parem de nos Matar! - Cidinha da Silva - Editora Jandaíra

Parem de nos Matar - Cidinha da Silva - Editora Jandaíra - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Preço: R$ 32,30*

O livro aborda as inúmeras opressões de cunho racial sofridas por negros e negras em diversos ambientes —entre os quais o escolar—, os estereótipos racistas difundidos pela televisão e também destaca formas de resistência a essas violências. A edição, com prefácio de Sueli Carneiro e posfácio de Áurea Carolina, reúne crônicas escritas pela autora entre 2012 e 2016.

*Os preços e a lista foram checados em 21 de julho de 2022 para atualizar esta matéria. Pode ser que eles variem com o tempo.

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.